Tech

Nike entra com tudo no metaverso com a aquisição da RTFKT

17 Dez 2021 - 18h10 | Atulizado em 17 Dez 2021 - 18h10
Nike entra com tudo no metaverso com a aquisição da RTFKT

Entrando de vez no metaverso, a Nike deu outro passo em seus investimentos no mundo virtual relacionados ao metaverso e tecnologias como NFTs. Desta vez foi a vez de adquirir a Artifact Studios (ou RTFKT), startup criada em 2020, focada no desenvolvimento de itens digitais baseado em realidade aumentada, tokens não fungíveis (NFT) e moda. A empresa ficou popular por ter a possibilidade de customizar sneakers e também por desenvolver tênis digitais customizados para gamers, além de outras inovações.

“A RTFKT vem somar ao nosso processo de transformação digital. O objetivo agora é ampliar sua capacidade de inovação”, disse Jonh Donahoe, CEO da Nike, em comunicado.  “Esta aquisição é mais um passo que acelera a transformação digital da Nike e nos permite servir atletas e criadores na interseção de esporte, criatividade, jogos e cultura”

A Nike promete investir pesado na inovadora startup. “Estamos adquirindo uma equipe muito talentosa de criadores com uma marca autêntica e conectada. Nosso plano é investir na marca RTFKT, servir e aumentar sua comunidade inovadora e criativa e estender a pegada digital e as capacidades da Nike”, continuou o executivo.


nike-metaverso-produto

Startup é conhecida por desenvolver itens de moda no metaverso e realidade aumentada. (Foto: Divulgação/RTFKT/uol)


Entre os principais produtos da RTFKT, está o tênis colecionável híbrido NFT e físico, inspirado na coleção NFT CryptoPunks.  O projeto chamou muita atenção ainda em março deste ano, quando uma parceria com FEWOCiOUS, artista de NFTs, vendeu mais de 3 milhões de dólares em pares de tênis do metaverso.

O anúncio foi feito pela RTFKT no Twitter. Nem os preços ou termos de acordos foram divulgados.


Conforme afirma a Nike, a equipe da RTFKT “faz uso do que há de mais moderno em ferramentas de jogos, NFTs, autenticação de blockchain e realidade aumentada para criar produtos e experiências virtuais únicos”.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Ministerio-da-Saude-e-novamente-alvo-de-ataque-hacker

https://inmagazine.ig.com.br/post/Primeiro-curso-ministrado-completamente-em-realidade-virtual

https://inmagazine.ig.com.br/post/Samsung-interrompe-atualizacoes-na-linha-Galaxy-Z-Fold-e-Z-Flip-apos-falhas


Assim como Mark Zuckerberg faz com o Meta, a Nike é mais uma empresa que vêm investindo muito dinheiro no metaverso. Em novembro, anunciou seu próprio espaço virtual, Nikeland, para uma parceria com a empresa de jogos Roblox. Um dos seus principais objetivos é chamar o público mais jovem, sendo a maioria no jogo.


Foto Destaque: Reprodução/Forbes/Nike