Money

No dia do Turismo veja os 10 brasileiros bilionários do setor

29 Set 2021 - 13h47 | Atulizado em 29 Set 2021 - 13h47
No dia do Turismo veja os 10 brasileiros bilionários do setor

No dia 27 de setembro foi comemorado o dia do Turismo. O setor foi um dos mais afetados por conta da pandemia do novo coronavírus. As medidas restritivas necessárias para conter o vírus trouxeram a este setor prejuízos e também uma reinvenção nos modelos de negócio.

A listagem a seguir mostra os dez brasileiros bilionários da área de turismo citados na revista Forbes

 

David Gary Neeleman é fundador e o principal acionista da companhia aérea Azul. Ele é o mais bem colocado entre os brasileiros na lista da Forbes. Está em 69° lugar com uma fortuna de  R$7,42 bilhões. Neeleman também é sócio da portuguesa TAP. Desde 2018, ele opera a companhia norte-americana de voos low cost Moxy Airways.

 

O empresário José Mário Caprioli, fundador da Trip Linhas Aéreas, também tem seu nome em destaque junto com sua família ocupando a posição 231 com patrimônio de R$ 1,7 bilhão. 


 

No dia do Turismo, o setor tenta se recuperar dos prejuízos financeiros provocados pela pandemia. (Foto: Reprodução/Ibitinga.sp.gov.br)


Representando a Gol linhas aéreas, estão os empresários e irmãos Henrique, Joaquim e Ricardo Constantino, além de Constantino de Oliveira Júnior. Eles controlam as ações da Volluto, empresa de participações que controla a Gol. As ações estão divididas de forma igualitária entre eles. Além da Volluto, os irmãos são sócios da Global Aviation, empresa responsável por fretar jatos executivos e helicópteros. A fortuna estimada de cada um é de 1,65 bilhão. Eles estão na posição 235 do ranking.

 

Fora do setor aéreo está o empresário Guilherme de Jesus Paulus, do ramo de empresas de turismo. Cofundou a CVC em 1972 e com um patrimônio avaliado em 2,5 bilhões, está em 186° lugar na lista. Paulus vendeu em 2009 o controle majoritário da CVC para o fundo norte-americano Carlyle por aproximadamente 700 milhões. Guilherme atualmente tem participações nas redes de Wish e Prodigy, ambas da GJP Hotéis & Resorts.

https://inmagazine.com.br/post/Banco-Central-anuncia-alta-na-atividade-economica-do-pais

https://inmagazine.com.br/post/Inflacao-ultrapassa-os-reajustes-salariais-e-prejudica-os-trabalhadores-brasileiros

https://inmagazine.com.br/post/E-preso-no-Rio-de-Janeiro-dono-de-empresa-que-prometia-investir-em-bitcoins-por-suspeita-de-piramide-financeira

 

Do segmento de hotéis, fazem parte da lista Fábio Roberto Chimenti Auriemo e José Auriemo Neto, responsáveis pelo grupo JHSF. A companhia foi fundada por Fábio com uma fortuna avaliada na casa dos 4,52 bilhões. José é um dos principais acionistas do grupo com um saldo em conta de R$ 3,42 bilhões. Fábio e José ocupam respectivamente as posições 103 e 128 da lista. Em 2014, o grupo adquiriu o Fasano, e em 2021 foi inaugurada a primeira unidade em Nova York, na Quinta Avenida.

 

Completa essa seleta lista: Nilton Carlos Chieppe, da Viação Águia Branca, na 119a posição e com patrimônio de 3,9 bilhões. 

 

A 89ª edição da revista Forbes está disponível para download no aplicativo com a versão completa dos bilionários brasileiros.

 

Foto destaque: Horácio Villalobos/GettyImagens

Mais Lidas