Turismo

Nova York: 4 lugares que você pode visitar em um só dia

18 Fev 2022 - 18h30 | Atulizado em 18 Fev 2022 - 18h30
Nova York: 4 lugares que você pode visitar em um só dia

É possível que você se perca facilmente em Nova York, caso nunca tenha ido, claro, devido a enorme quantidade de opções ótimas de coisas para se tem durante a estadia. Com museus e restaurantes a cada quarteirão, e muitas opções gratuitas, vale, e muito, tirar o dia para conhecer esses lugares e suas histórias. 

Para ajudar nesse pequeno guia turístico da cidade e conseguir montar o roteiro, aqui está quatro lugares para visitar, não importando se é a primeira ou centésima visita.

  • Baccarat Hotel, 53 street, entre a 5° e 6° avenida

Baccarat Hotel


Se você for o tipo de pessoa que adora passar o dia aproveitando todas as comodidades de um hotel, gostará de ficar aqui. Esse hotel contém uma piscina interna, coisa rara para Manhattan, além de uma academia e o spa La Mer, primeiro nos EUA. Fechando com estilo, tem os quartos com uma cama enorme e super confortável, televisão com opções de streaming e um chuveiro que já vale por um pulo no spa. Mas nem precisa pular o spa!

Se você gosta de uma bela localização, o Baccarat é uma ótima opção. Situado na rua 53, esse hotel fica perto de outras atrações da cidade. Entre as atrações, está o Top Of The Rock e o Rockfeller Center, que estão a três quadras, na rua 50. Para ir ao Central Park e passar o dia lá, suba três quadras para chegar a rua 56. Ficar ao lado da quinta avenida pode ser considerado um charme à parte. Por lá, se encontra muitas lojas conceito, além das grifes. Não se esqueça de vistar a Nike, onde há uma linha especial para aquela loja.

  • MoMA, 53 street, entre a 5° e 6°avenidas 

As Senhoritas de Avignon, parte do acervo fixo do Museu (Foto: Julia Ribeiro/Acervo pessoal)


Ainda ao lado do hotel, o MoMA, Museu de Arte Moderna da cidade, fica bem na frente, onde basta apenas atravessar a rua e ir nos andares do museu que contém um acervo com milhares de peças. As obras datam desde 1880 até os tempos de hoje, desde a Noite Estrelada, de Van Gogh, até As Senhoritas de Avignon, de Picasso. Na hora da saída, não deixe de ir à loja do museu, lotada de peças de design.

  • Ivan Ramen, Clinton St. n° 25

Procurando um lugar delicioso, com um preço justo? Vá ao Ivan Ramen, restaurante do chef Ivan Orkin, que participou de um episódio no Chefs Table, da Netflix. Ivan, americano, tinha um restaurante em Iamen, em Tóquio, que era frequentado por japoneses, mas após uma reviravolta em sua vida, ele voltou aos EUA e começou a empreender por lá.



Situado no Lower East Side, o restaurante serve Iamens e comidas japonesas com um toque americano. Junto ao Iamens, vale experimentar o frango frito com molho ranch com shiso, combinação inesperada, porém gostosa que merece algumas mordidas.

  • Jimmy, Thompson St. n° 15

Happy hour em um rooftop no JIMMY. Uma combinação totalmente Nova York. Localizado no topo do hotel ModernHaus Soho, esse bar descolado conta com luz baixa, cadeiras de couro e tudo aquilo que imaginamos de um bar Nova Yorkino. As vistas fazem jus ao lugar, onde pode-se ver o Empire State (sim, pelas janelas do banheiro), o Financial District e o One World Trade Center, através do terraço.


Terraço do JIMMY. Vista para o Financial District (Foto: Julia Ribeiro/Acervo pessoal)


A entrada do bar é separada do hotel que, na verdade, fica em uma localização histórica da cidade. Foi construído onde era o Moondance Diner até o início dos anos 2000. Pareceu familiar o nome, não? O Moondance foi cenário para diversos filmes, como o local onde Mary Jane trabalhava em Homem Aranha, e Jonathan Larson, criador de Rent, retratado por Andrew Garfield em Tick, Tick…Boom era garçom nos anos 90.


Drinks Negroni e Grapes of Wrath, JIMMY (Foto: Julia Ribeiro/Acervo pessoal)


Histórias à parte, o JIMMY é ótimo para relaxar depois de um dia intenso pela cidade, com uma coquetelaria própria, pegando drinks clássicos e transformando em experiências únicas. Você pode até arriscar um pulo na piscina do terraço durante o verão.

 

Foto destaque: Nova York. Reprodução/Julia Ribeiro/glamour.globo