Saúde e Bem Estar

Nova variante do coronavírus ganha força em diferentes países

12 Jul 2022 - 15h59 | Atulizado em 12 Jul 2022 - 15h59
Nova variante do coronavírus ganha força em diferentes países

Além da Índia, vários outros países, dentre eles os Estados Unidos, o coronavírus gera mutação muito mais contagiosa diz cientistas.


(Nova variante-Foto destaque:bigstock/Gazeta do Povo)


Segundo a Associetad Press, a variante classificada como BA.2.75 pode se espalhar rapidamente, e, ultrapassar a imunidade de vacinas e infecções anteriores.

A responsável pela pesquisa não explica claramente se outras variantes como as da Ômicron e demais sejam superadas devido gravidade de novas doenças. 

A replicação da variante ômicron pode ser muito mais transmissível, os quadros infecciosos são de pequenos danos, mas que tem capacidade global de ploriferação. O mundo atenta-se no momento para a nova mutação em questão.

Dados apontam de quê quem não se vacina intensifica a disceminação do vírus. Cansaço extremo, dores no corpo, dor de cabeça, dor de garganta (como garganta arranhando) sem tosse, sem perda de olfato ou paladar são alguns dos tipos de sintomas da ômicron, quadro que não se encaixa com a variante Delta e outras variantes.

O Conselho de Pesquisa Científica e Industrial do Instituto de Genômica e Biologia Integrariva em Nova Délhi através da cientista AP Lipi Thukral explica que a mutação aparentemente está se espalhando com maior velocidade que outras variantes na Índia. Três casos foram identificados nos Estados Unidos, dois precisamente na Costa Oeste, e um outro identificado há uma semana no país. 

Ao todo, até o fechamento da matéria dez outros países além da Índia foram detectados casos da nova variante.

Segundo a AP um surto infectou 1.400 pessoas nas últimas três semanas, com isso o centro asiático de jogos de azar de Macau fechará todos os seus cassinos por uma semana. Uma medida está sendo tomada para tentar impedir o surto. A partir de segunda-feira as pessoas não perderão sair de suas casas.

Esses são os bloqueios para tentar conter a doença na China. Xangai descobriu um caso da sub variante Ômicrom BA.5.2.1.

(Foto capa: Unsplash/ Fusion Medical Unimation)

Mais Lidas