Notícias

O leilão do 5G e a corrida das operadoras

06 Nov 2021 - 13h57 | Atulizado em 06 Nov 2021 - 13h57
O leilão do 5G e a corrida das operadoras

A nova conexão 5G já é realidade em muitos países a fora, no Brasil, essa nova tecnologia já começa a receber investimentos e separações por leilões. A Anatel é a agência reguladora responsável por essa nova conexão dentro do país, e a corrida pelo 5G está intensa e as operadoras estão afoitas pela compra desses elementos.

A parcela dessa nova conexão é adquirida em forma de frequências, que chegam a ultrapassar até 50 vezes a tecnologia anterior, um diferencial e tanto para os possíveis possuidores da rede. 


(Foto: Reprodução/R7)


Os lotes têm como princípio levar essa conexão as escolas e rodovias federais, uma expansão do ensino básico, é um processo a ser percorrido, para isso, as empresas que obterem os novos lotes, deverão ser responsáveis por essas construções, seja na infraestrutura e a sua implementação.

Com a ampliação de suas operações, os interesses surgem em diferentes vertentes, mas claro, a Anatel colocou um adendo dentro dessas novas compras, para que seja estabelecido um objetivo em comum, para que o setor tecnológico obtenha, de forma gradual, um avanço de fato em todas as regiões. Vale lembrar, por sua vez, que diversas cidades não possuem infraestrutura para a implantação do 5G, como fibra óptica e a tecnologia anterior 4G, que não passa de uma utopia, enfrentadas nessas localidades menos desenvolvidas.

A busca por novas receitas de negócios já garante as operações em importantes companhias, como a Winity que já adquiriu parte desse primeiro lote, com destaque também para as operadoras do Brasil, como a TIM, CLARO e VIVO responsáveis pelos modelos destaques, garantindo a manutenção de seus protagonismos, além da Brisanet, MegaNET, Copel entre outras que já são proprietários dessa nova tecnologia.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Arrecadacao-Federal-alcanca-a-estimativa-de-alta-em-129-otimizando-R149-bilhoes-e-bate-recorde-em-setembro

https://inmagazine.ig.com.br/post/Meta-e-o-novo-projeto-de-Mark-Zuckerberg

https://inmagazine.ig.com.br/post/G20-o-grupo-que-organiza-as-20-maiores-economias-do-mundo

O leilão ainda está em processo, novos lotes serão arrematados nos próximos dias, as empresas que estão em busca de novos fundos e ampliação, terão que reembolsar uma quantia um tanto elevada, ultrapassando R$1 bilhão de reais, que são tidos como investimentos, garantindo espaço nesse futuro tecnológico, com seus diversos provedores, quem obter maior fatia receberá, por sua vez, maior destaque potencial.

Foto destaque: Leilão Governo Federal. Divulgação/ Governo Federal