Beleza

O retorno da prática de tênis à rotina das mulheres

17 Nov 2021 - 16h52 | Atulizado em 17 Nov 2021 - 16h52
O retorno da prática de tênis à rotina das mulheres

Assim como a moda, o esporte também passa por transformações e há ciclos. Tendências vêm, vão e voltam e reflexo disso é o tênis voltar a ser um esporte muito frequentado entre pessoas de todas as idades, de modo solo ou em conjunto com familiares e amigos.

 

Em tempos de pandemia e distanciamento social, as pessoas estão tendo mais convivência ao ar livre e praticando exercícios físicos, dando mais atenção à saúde. Por causa disso, a venda de trajes para jogar tênis disparou pelo mundo e a Associação Médica do Texas com base na Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou uma tabela de exercícios mais praticados na rotina cotidiana agora na pandemia e o tênis ocupa as primeiras colocações do ranking.

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Lace-front-especialistas-dao-dicas-de-alongamentos-para-cabelos-cacheados-e-crespos 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Conheca-a-Pleasing-marca-de-beleza-de-Harry-Styles 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Conheca-a-tecnologia-robotica-a-laser-que-combate-gordura-localizada-celulite-e-flacidez 

 

Segundo o Global Tennis Report 2021, houve um aumento de 4,5% de novos tenistas em todo o mundo. Somente no Brasil, já são em torno de 2,6 milhões de pessoas praticando esse esporte e cerca de 43% delas são de mulheres. Com isso, a estética do tênis invadiu a moda novamente e as collabs entre marcas esportivas e de roupas começaram a surgir.


 

O retorno da prática de tênis à rotina das mulheres (Foto: Reprodução/PEXELS)

 


A Fila se juntou com a MSGM e a Zara fez uma collab com a Prince que são mais voltadas em peças badalas. Já as collabs entre a Lacoste com a Tory Sport as roupas são para jogar e ir treinar. Muitas pessoas têm contato mais forte com os esportes na infância e ao longo do crescimento, vão perdendo esse hábito. Para as mulheres, se sentirem representadas nos esportes é essencial, pois se inspiram em grandes personalidades como Serena Williams – que é até hoje o principal nome do esporte na categoria feminina.


Serena Williams (Foto: Reprodução/Instagram)

 


O espaço foi se abrindo para novos ícones tenistas mulheres, e as redes sociais têm uma grande força nisso, pois as atletas cada vez mais estão mostrando o seu dia a dia, bastidores de competições e aderindo um tom incentivador com a intenção de crescimento das tenistas. Nomes como Naomi Osaka, Ashleigh Barty e Leylah Fernanfez são novos nomes que estão mostrando que há muito espaço para ser preenchido nesse esporte e que as mulheres são muito capazes.


 

Naomi Osaka (Foto: Reprodução/Instagram)

Ashleigh Barty (Foto: Reprodução/Instagram)

Leylah Fernandez (Foto: Reprodução/Instagram)

 


O tênis é muito democrático em todas as questões, seja idade, gênero, condição social ou necessidade especial de locomoção, e trabalha a sua longevidade, flexibilidade, força e resistência. Tendo como reconhecimento também o desenvolvimento do lado mental e da interação social, pois a partir de sua rede de convívio novas pessoas são inseridas no tênis. A prática rotineira tende a ser amadora, leve e divertida. Não é recomendado começar a prática com treinos demorados e o ideal é, assim como em outros esportes, começar aos poucos. O risco de lesões existe e todo o cuidado é pouco, desde a roupa vestida, calçado adequado – de preferência tênis com grip específico, um filtro solar potente e muita hidratação.

 

 

Foto de destaque: Reprodução/Pixabay