Notícias

Ômicron já causa cancelamentos. Celebração do Ano Novo é cancelada em Londres

21 Dez 2021 - 13h29 | Atulizado em 21 Dez 2021 - 13h29
Ômicron já causa cancelamentos. Celebração do Ano Novo é cancelada em Londres

A grande celebração de réveillon que aconteceria em Trafalgar Square no centro de Londres não vai mais seguir como o planejado pelo surgimento de muitos casos da variante da Covid Omicron na capital Londrina.


Trafalgar Square centro de Londres (Foto: Reprodução/Shutterstock)


O prefeito Sadiq Khan disse que o evento, que era para 6.500 pessoas, foi cancelado por “motivos de segurança pública”.

No sábado Khan declarou um “grande incidente” esclarecendo a epidemia de Omicron.

O Evento tinha sido anunciado em novembro como uma alternativa da famosa queima de fogos de Londres que aconteceria no local planejado.  


Prefeito de Londres - Sadiq Khan (Foto: Reprodução/ Henry Nicholls/ Reuters)


No lugar da sensação de estar ali no centro de Londres, uma transmissão ao vivo mostrará a grande celebração de fim de ano, com apelos do senhor prefeito Khan para que a população assista de casa.

“Isso vai ser muito frustrante para os Londrinos, mas nós precisamos tomar as medidas certas para que a redução de contaminação pelo vírus aconteça. Estou muito lisonjeado por ainda termos uma transmissão incrível para assistir nas telinhas, que ainda mostrará nossa grande cidade para o resto do mundo.” Disse Khan.

O prefeito Khan ainda disse que 56.500 novos casos foram registrados na capital nos últimos 7 dias. Isso causou um aumento de 29% de internações na última semana.

O show de réveillon, que será transmitido ao vivo pela BBC1 e na BBC iplayer, não será visível no local do evento.

Sadiq Khan ainda solicitou ajuda ao governo para que providenciem mais recursos no setor da saúde.

Apesar de grande preocupação do prefeito Londrino, Boris Johnson, Primeiro-ministro do Reino Unido, não impôs nenhuma restrição ainda. Ele afirmou na segunda-feira (20) que o governo não descarta a possibilidade de tomar ações mais severas.

O Primeiro-Ministro ainda prometeu que vai avaliar a situação constantemente, sabe-se que a Rainha já até desistiu de passar o Natal em Sandringham, residência de campo da família real.

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Boris-Johnson-fala-em-maremoto-da-variante-omicron-e-promete-doses-de-reforco 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Coreia-do-Norte-proibe-demonstracoes-de-alegria 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Supertufao-nas-Filipinas-deixa-milhares-de-desabrigados 


Vale ressaltar que Londres está seguindo os passos de Paris, que anunciou no sábado que também cancelaria a queima de fogos e os shows que seriam realizados na véspera de Ano Novo.

Foto Destaque: Fogos de artificio na Trafalgar Square.   Reprodução/ Shutterstock

Mais Lidas