Money

Os grandes investidores de Wall Street que não acreditam no valor real do bitcoin

18 Out 2021 - 23h43 | Atulizado em 18 Out 2021 - 23h43
Os grandes investidores de Wall Street que não acreditam no valor real do bitcoin

Saiba quais são os 6 investidores mais influentes do mercado financeiro que veem a cripto moeda com desconfiança apesar de outros nomes terem sido atraídos pela nova forma de investimento.

Nos últimos anos o que se viu foi crescimento exagerado do mercado de criptoativos, por conta disso, nomes famosos do universo das finanças e dos investimentos foram atraídos para esse novo segmento nos últimos anos. Ray Dalio, Bill Miller, Stan Druckenmiller, Elon Musk, Barry Sternlicht fazem parte dessa lista, que só aumenta.


Qual será o futuro das CriptoMoedas no mercado financeiro. Foto: ( Reprodução/ Wikipedia)


 Apesar disso, nem todos acham a criptomoeda o melhor investimento do mercado financeiro. O bitcoin tem alguns detratores, principalmente entre a velha guarda, seja em Wall Street ou no Vale do Silício e até mesmo outros centros econômicos importantes tem posição conservadora contra as criptomoedas em geral.

O nome mais conhecido da lista é o de Warren Buffett que não é otimista quanto aos criptoativos. De todos, quem mais chama atenção é o de Jamie Dimon, CEO do banco JPMorgan com suas criticas frequentes direcionadas ao ativos digitais e porque mesmo sendo contrario a modalidade, sua empresa atua no setor com uma carteira de clientes que investem em criptomoedas, ela inclusive criou sua própria criptomoeda.

Outros altos executivos dos EUA também criticam os ativos digitais e se posicionam contra participar da nova febre que fez com que o segmento tivesse ganhos recordes. E a previsão é que ela baterá um novo recorde de preço.


Warren Buffett conhecido como um dos homens mais influentes do mundo não acredita no valor real do bitcois. Foto:(Reprodução/Estadão)


 

Os 6 nomes da lista estão:

Warrem Buffett: fundador da oitava empresa mais valiosa do mundo e também conhecido como um dos investidores mais conhecidos e influentes. Buffett vai contra a onda dos ativos digitais. Isso torna o investidor alvo fácil daqueles que acham os criptoativos o santo graal do mercado financeiro por causa de suas opiniões negativas que influenciam o mercado financeiro.

https://inmagazine.com.br/post/Whindersson-Nunes-anuncia-vagas-de-emprego-no-Linkedin

 

https://inmagazine.com.br/post/Elon-Musk-deseja-investir-na-tecnologia-5G-no-Brasil

 

https://inmagazine.com.br/post/FAA-obriga-Virgin-Galactic-a-adiar-viagens-espaciais-comerciais

 

 

Buffett diz -"As criptomoedas basicamente não têm valor e não produzem nada. E o que você espera é que alguém apareça depois e pague mais do que você pagou, mas então essa pessoa terá um problema", disse, no ano passado, à CNBC. "Em termos de valor: zero", completou.

Bill Gates: Fundador da Microsoft, já foi por vários anos o numero 1 da lista de homem mais rico do mundo. Ele não embarcou, no que considera uma barca furada o tipo de investimento nas criptomoedas, mesmo, tendo sua companhia trabalhando em inúmeras frentes relacionada à tecnologia blockhain, que surgiu com a invenção do bitcoin.


Bill Gate não considera investir seu dinheiro na onda das criptomoedas. Foto: (Reprodução; Bbc)


 

Nassim Taleb: Matemático por formação, ganhou sua fortuna sendo um dos investidores mais controversos do mercado financeiro. Sua estratégia é se beneficiar da volatilidade do mercado, conhecida como black swan. Ficou famoso após escrever “A Logica do Cisne Negro” e “Antifrágil: Coisas que se Beneficiam com o Caos”

Paul Krugman: O ganhador do prêmio Nobel de Economia em 2008, já ganhou diversas honrarias em sua carreira, trabalhou no Conselho de Economistas da Casa Branca no governo Ronald Reagan e diz com propriedade que não vê futuro otimista para a criptomoeda.

"Não é um meio de troca conveniente; não é uma reserva de valor estável; definitivamente não é uma unidade de conta. Seu valor reside na percepção de que é uma maneira tecnologicamente evoluída do inevitável colapso do dinheiro, que está vindo nos próximos dias, ou talvez nos próximos séculos", disse, em maio deste ano, quando o bitcoin sofreu o maior tombo do ano, perdendo mais de 50% do seu valor. "Ou, como eu falo, bobagem libertária e chavões".


Paul Krugman ganhador do prêmio Nobel de 2008 não vê futuro para os ativos digitais. Foto: (Reprodução;Grupobbc).


 

Nouriel Roubini: Especializado em análise financeira, o economista é conhecido como “Doutor Catástrofe” e isso não é por acaso. Muito antes da bolha imobiliária que culminou com a crise financeira de 2008, lá no ano 2000, Roubini proferiu seus vaticínios pessimistas junto com previsões catastróficas que se concretizaram no fatídico ano da crise.

Quando fala de investimento em ativos digitais, o pessimismo é o mesmo dos anos 2000:

"Fundamentalmente, o bitcoin não é uma moeda. Não é uma unidade de conta, não é um meio escalável de pagamentos, e não é uma reserva estável de valor. Chamá-lo de criptomoedas é equivocado, elas não são nem ativos",

Essa afirmação é de uma entrevista concedida no inicio de 2021.


Michael Burry( esqu.) foi interpretado pelo ator Christian Bale no filme " A Grande Aposta" (2015). Foto: (Reprodução/NyMag).


 

Michael Burry: Ficou tão famoso quanto sua previsão de que lucraria com a crise de 2008. Sua hisótória ficou tão notória que acabou sendo roteirizado virando filme em hollywood,  " A Grande Aposta"(2015), Burry, que na epoca ja era conhecido como "Guru" de Wall Street foi interpretado no filme pelo ator Christian Bale. Michael Burry declarou em diversas oportunidades sua opinião pessimista sobre os criptoativos. Ele usa as redes sociais para deixar suas criticas. Criptomoedas-meme como dogecoin e shiba inu são seus alvos do momento, mas também já falou várias vezes sobre o bitcoin.

"O bitcoin é uma bolha especulativa que traz muito mais riscos do que oportunidades, apesar dos seus proponentes estarem certos nos seus argumentos sobre o porquê ele é relevante no momento atual da história", publicou, em março. "A multidão com olhos de raio laser em suas fotos de perfil [brincadeira que surgiu no Twitter entre entusiastas do bitcoin] são todos robôs, gado, ou uma mistura dos dois", publicou na útlima semana. No último sábado, ele voltou a falar do assunto, perguntando aos seus seguidores "como se faz short de uma criptomoeda", sugerindo que poderá entrar no mercado para apostar contra ele.

 

Foto destaque: (Reprodução/ Wikipedia)

Mais Lidas