Esportes

PA deixa de receber benefício do Governo por estar no BBB

24 Mar 2022 - 10h55 | Atulizado em 24 Mar 2022 - 10h55
PA deixa de receber benefício do Governo por estar no BBB

Nestas segunda-feira (23), de acordo com o blog olhar olímpico, do UOL, o atleta e participante do Big Brother Brasil, Paulo André, deixará de receber o bolsa atleta do governo federal. A Secretaria Especial do Esporte alega que o atleta não está cumprindo com o cronograma anual de treinamentos que foi apresentado em janeiro de 2021 e por esse motivo o corte está sendo realizado.

Em nota, o jurídico do Ministério da Cidadania diz já ter feito o pedido para a suspensão da bolsa do atleta. “A Consultoria Jurídica do Ministério da Cidadania já emitiu parecer sobre a participação de Paulo André Camilo de Oliveira no Big Brother Brasil, da TV Globo. A pasta encaminhou notificação para o atleta e aguarda a manifestação dele para dar andamento ao processo. Cabe informar que o pagamento foi suspenso preventivamente, já que a lei que disciplina o Programa Bolsa Atleta exige a continuidade dos treinos durante todo o período de recebimento do benefício”.

O benefício dado pelo governo, foi conquistado pelo atleta nos jogos Pan Americanos de Lima 2019, quando ele foi medalhista de prata nos 100m. O valor mensal da bolsa é de R$1,850. O pagamento foi suspenso preventivamente, já que a lei que disciplina o Programa Bolsa Atleta exige a continuidade dos treinos por todo o período de recebimento do benefício.

A equipe do PA foi procurado e nenhum veículo de imprensa teve resposta. O velocista está confinado no BBB já tem dois meses, mas o caso só chamou atenção do Ministério semana passada, depois que um repórter da revista Veja perguntou sobre um possível cancelamento da bolsa ao ministro João Roma (Republicanos). O político respondeu que não tinha informações sobre o assunto e acionaria a consultoria jurídica do Ministério e a Secretaria do Esporte.


(Foto: Reprodução/Agência Brasil)


Outro fato, é que o Governo não abriu um edital em 2020, o atleta deixou de receber o benefício naquele ano. Portanto, o confinado só conseguiu se inscrever pelo resultado do edital de 2021, onde os pagamentos seriam feitos até maio ou junho deste ano.

Nos documentos de inscrição do Bolsa Atleta, estava um "plano esportivo anual, com plano de treinamento, objetivos e metas esportivas para o ano do recebimento do benefício". Pelo fato do edital ser de 2021, estava subtendido que o plano havia encerrado quando Paulo André entrou no BBB em 2022.

No entanto, o pagamento foi estendido para 2022 porque o governo atrasou a divulgação da lista de contemplados. Contudo, Paulo André não deverá receber os pagamentos de abril, maio e, se existir, junho deste ano. 

Durante 2021, Paulo André conquistou o título do campeonato brasileiro nos 100m e a classificação para as semifinais dos Jogos de Tóquio, também na mesma prova. Resultados, aliás, que qualificam ele a uma nova categoria do Bolsa Atleta, com aumento do benefício mensal para R$ 3.100,00. A abertura do edital 2022, no entanto, aconteceu quando PA já estava confinado no BBB. A lista desses novos contemplados só será divulgada em abril.

Vale destacar que mesmo estando no BBB, Paulo André não costuma competir antes de março. Em 2020, não competiu antes da pandemia. No ano de 2018, só foi estrear no dia 13 de abril.

Foto em destaque: Reprodução/Lancenet