Money

PIX Saque e PIX Troco começam a funcionar a partir de amanhã

28 Nov 2021 - 23h52 | Atulizado em 28 Nov 2021 - 23h52
PIX Saque e PIX Troco começam a funcionar a partir de amanhã

A partir de amanhã (29) vai começar a funcionar duas novas modalidades no mercado para os usuários adeptos do PIX, e serão elas PIX Saque e PIX Troco em que ambos os serviços vão permitir que o cliente possa sacar dinheiro em espécie nos estabelecimentos comerciais registrados. 

Nesta sexta-feira (26) o Banco Central alterou o regulamento do PIX, incluiu os dois serviços e publicou a resolução no Diário Oficial da União no mesmo dia. 

Ainda segundo o Banco Central, os dois novos serviços são opcionais e a aplicação dessas duas modalidades fica a cargo dos próprios estabelecimentos comerciais, das redes de autoatendimento e das instituições financeiras em aderirem ou não. 

Ainda falando sobre os novos produtos, em entrevista ao veículo G1, o BC informou que até o momento não dispõem de estabelecimentos cadastrados para oferecer os novos serviços, esclarecendo que será um processo que funcionará de maneira gradual entre as empresas e empreendimentos. 


Novas modalidades de utilizar o serviço PIX (Foto: Rafapress/iStock)


Atualmente grande parte da população brasileira realiza transações bancárias por meio de PIX, porém essas transações se limitam aos serviços de pagamentos e transferências que possuem a vantagem de serem instantâneos na sua efetivação. 

Qualquer pessoa que já faz uso dessa forma de pagamento poderá utilizar das novas ferramentas, porém por questões de segurança alguns limites foram imputados pelo BC, e são eles: pelo menos nesse primeiro momento o limite de saque será de R$ 500,00 durante o dia e à noite o limite reduzirá para R$ 100,00 (período entre 22 horas e 6 horas), e as operações financeiras terão limitação total de oito por mês. Mas atenção, os usuários devem ficar atentos que a quantidade total das transações bancárias também incluem os saques tradicionais.

O PIX Saque funcionará da seguinte forma: o cliente usuário da modalidade se dirige até o estabelecimento ou local que oferte o serviço, através da leitura de um QR Code ou a partir do aplicativo do prestador do serviço o cliente realiza o PIX, em seguida aguarda a autenticação do pagamento que sendo efetuada com sucesso o permite sacar o valor investido em espécie. 

Já o PIX Troco vai funcionar de forma semelhante, porém nesse caso o saque em espécie pode ser retirado no momento da compra no estabelecimento registrado. Assim sendo, o cliente realiza o PIX do valor total (compra + saque), e em seguida receberá o dinheiro da diferença (saque). Nessa categoria virá no extrato do cliente o valor da compra e o valor do saque. 


Novas modalidades permitirão sacar dinheiro nos locais cadastrados (Foto:Cris Faga/Estadão Conteúdo)


Os locais que aderirem a esses serviços terão liberdade para decidirem se aceitarão as duas modalidades ou apenas uma delas, e também total autonomia para impor regras sobre os dias que aceitarão e qual horário de funcionamento. Além do poder de decidir se irão trabalhar com limites inferiores aos estipulados, se assim julgarem mais coniventes para suas atividades. 

Também de acordo com o Banco Central, a partir da nona transação é de exclusividade do estabelecimento qual o valor da taxa a ser cobrada, mas que deve ser comunicado ao cliente antes da conclusão do ato. 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Amazon-sofre-boicote-no-mundo-enquanto-ativistas-bloqueiam-centro-distribuidor-no-Reino-da-Gra-Bretanha

https://inmagazine.ig.com.br/post/Conheca-o-Silva-O-iFood-que-atende-as-comunidades

https://inmagazine.ig.com.br/post/Meu-Celular-Favorito-lidera-mercado-em-Sao-Paulo-atrai-famosos-e-investe-na-formacao-de-empreendedores

Caso aconteça de o comércio não haver dinheiro em caixa, basta comunicar ao cliente que o serviço está indisponível no momento. 

Locais que poderão ofertar as novas modalidades de serviços: estabelecimentos comerciais, instituições financeiras com rede própria de ATM, terminais de auto atendimento (como caixas 24 horas) e entidades que ofertam rede independente (compartilhada) de ATM.

O PIX Saque e PIX troco também irá beneficiar aos ofertantes do serviço, já que a cada transação realizada esses irão receber uma tarifa que pode variar entre R$ 0,25 à R$ 0,95 por operação.

 

Foto Destaque: Modalidade PIX (Reprodução/Estadão Conteúdo)

Mais Lidas