Celebridades

Pai de Meghan Markle diz que irá depor contra filha no tribunal: 'Ficaria mais do que feliz'

15 Mar 2022 - 10h30 | Atulizado em 15 Mar 2022 - 10h30
Pai de Meghan Markle diz que irá depor contra filha no tribunal: 'Ficaria mais do que feliz'

Mesmo afastados da família real, o casal Meghan Markle e Príncipe Harry ainda estão em meio ao caos familiar. Thomas Markle, pai de Meghan, revelou em seu canal no Youtube, 'Remarkable Friendship', que estava disposto a defender sua filha mais velha, Samantha, no processo de difamação movido por ela.

"Eu ficaria mais do que feliz. Estou tentando há quase quatro anos ver minha filha e seu marido ruivo em um tribunal cara a cara. Eu ficaria emocionado em ir ao tribunal, conversar e defender minha filha mais velha", disse Thomas.

Samantha, meia-irmã de Meghan, está pedindo 75 mil dólares (R$ 379,8 mil aproximadamente) em danos, como custos judiciais e honorários advocatícios, alegando que Meghan fez "declarações falsas e maliciosas".


Meghan Markle e  Thomas Markle em fotos divulgadas em entrevista À Oprah. (Reprodução/Arquivo Pessoal)


Thomas acrescentou que a duquesa de Sussex não sairá vitoriosa se levar adiante o processo. "Há tantas mentiras óbvias que não consigo imaginar Meghan indo ao tribunal com isso. Ela não pode defender as coisas que disse", completou. “Me surpreende que eles vão a Oprah Winfrey por horas e ficam lá e expuseram coisas que não deveriam expor a ninguém e acho que é tão desrespeitoso com a realeza. Eu sou basicamente o que você chamaria no time da rainha. E eu tenho um grande respeito por todos os membros da realeza".

Desmentido o que Meghan teria dito sobre ter "uma vida díficil", Samantha também teria admitido que Thomas cobriu as mensalidades e despesas de vida de Meghan quando ela foi para a Universidade Northwestern, nos EUA, e criticou a realeza por sugerir que ela cresceu como filha única, apesar de compartilhar um pai com sua meia-irmã.

Além das alegações feitas durante o bate-papo de Meghan e Harry, Samantha também contesta histórias contadas na biografia "Megxit" Finding Freedom. Ela disse que as "mentiras" a submeteram a "humilhação, vergonha e ódio em escala mundial".

O advogado de Meghan, Michael Kump, descreveu o processo como "absurdo". A duquesa de Sussex e seu marido ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Foto Destaque: Backgrid e Getty Images