Esportes

Palmeiras goleia o Independiente Petrolero fora de casa e se classifica na Libertadores

04 Mai 2022 - 08h55 | Atulizado em 04 Mai 2022 - 08h55
Palmeiras goleia o Independiente Petrolero fora de casa e se classifica na Libertadores

Nem a altitude boliviana de 2.800m foi capaz de atrapalhar a campanha do Palmeiras na Copa Libertadores. Na noite desta terça-feira (3), os comandados de Abel Ferreira golearam o Independiente Petrolero por 5 a 0, com gols de Rafael Navarro, Murilo e três de Raphael Veiga, que virou o maior artilheiro do Verdão na história da Libertadores (14 gols). Com o resultado, o Palmeiras garantiu sua classificação para as oitavas de final da competição.

Com a vitória, o alviverde chega a 12 pontos em quatro jogos disputados, garantindo a classificação e a liderança do Grupo A com duas rodadas de antecedência. O Emelec está na segunda colocação, com cinco pontos e não pode mais alcançar o time brasileiro. Deportivo Táchira, com quatro, e o Petrolero, com um, completam a chave.



Em um jogo tranquilo e sem sustos, o Palmeiras resolveu o placar ainda no primeiro tempo. Logo aos 17 minutos, de pênalti, Raphael Veiga abriu a contagem. Cinco minutos depois, o camisa 23 marcou o segundo dele e do Palmeiras após assistência de Dudu. O ex-palmeirense Cristaldo ainda foi expulso no fim da etapa inicial, ao acertar uma cotovelada em Murillo, deixando o alviverde em vantagem no placar e no número de jogadores.

Na segunda etapa o ritmo foi o mesmo, e logo aos 15 minutos, Raphael Veiga marcou um belo gol e anotou seu hat-trick. Abel Ferreira mexeu na equipe e poupou seus principais jogadores. E o quarto gol veio do banco, com Rafael Navarro aos 18 minutos. O zagueiro Murilo fechou a contagem aos 29 e garantiu mais três pontos para o Palmeiras.

O atual campeão da Libertadores volta a campo no próximo domingo (8), contra o Fluminense, em casa, pelo Campeonato Brasileiro. Já pela competição sul-americana, o próximo desafio é contra o Emelec, também em casa, no dia 18 de maio.

Foto Destaque: Reprodução/ESPN