Saúde e Bem Estar

Para Urologista, os homens precisam cuidar melhor da saúde

15 Jul 2022 - 17h21 | Atulizado em 15 Jul 2022 - 17h21
Para Urologista, os homens precisam cuidar melhor da saúde

No dia 15 de julho é comemorado o dia do homem e desde 2004, a Sociedade Brasileira de Urologia vem alertando a população masculina para que haja um melhor cuidado com sua saúde. A organização além de sempre alertar sobre os riscos do câncer de próstata, agora também fala abertamente sobre o câncer de bexiga, que é um tumor urológico que é mais incidente nos homens.

Para os especialistas, fatores como: acidentes de trânsito, violência, consumo excessivo de álcool, tabaco e outros vícios, fazem a expectativa de vida dos homens ser menor do que comparado com a das mulheres. Por exemplo: na faixa entre 20 e 29 anos, a cada cinco mortes, quatros foram homens.

Na pesquisa do DATASUS em 2021, apenas 469.924 homens se consultaram com um urologista, enquanto que as mulheres visitaram um ginecologista, o número foi de 2.988.202 atendimentos. Neste ano, nos primeiros seis meses, foram realizados cerca de 211.607 atendimentos aos médicos , cerca de 16% a menos do que as visitas das mulheres ao ginecologista no mesmo período.


Foto: Homem se consultando com médico/ Reprodução: Centro de Urologia e Cirurgia Reconstrutora Dr. Gustavo Wanderley


Mas o problema está enraizado na sociedade, pois desde pequenas, as meninas são levadas por suas mães para se consultarem com um ginecologista e também fazem periodicamente exames, já os meninos e adolescentes não têm esse costume e procuram atendimento especializado somente quando sentem alguma dor. Por isso, para o presidente da Sociedade Brasileira de Urologia, Alfredo Canalini, é necessário acabar com o medo e preconceito por parte deles em não procurar um urologista antes de terem algum problema maior.

O tumor na bexiga começa com um sangramento na urina e como muitas vezes não é tão frequente, ele pode parar e o doente acha que está curado. Assim, ele não procura pelo pronto atendimento, retardando o diagnóstico e piorando sua situação, por isso consultas regulares em qualquer médico são recomendadas.

Segundo um relatório do Instituto Nacional de Câncer (INCA), só em 2022, serão registrados cerca de 7.590 novos casos de tumor na bexiga entre os homens. Em 2020, foram mais de 4 mil mortes decorrentes dessa doença e delas, pelo menos 3 mil eram homens, que muitas vezes demoraram em procurar um médico.

Para Alfredo, hábitos como: evitar a obesidade, prática de algum esporte, diminuição no consumo de álcool, evitar o tabagismo, visitar periodicamente o médico e ter uma alimentação mais balanceada, ajudam o homem a ter uma qualidade de vida e saúde bem melhores e assim evitar grandes doenças.

 

Foto de Destaque: Homem se consultando com Urologista/ Reprodução: EBC