Celebridades

Paulo Vieira confessa ter dificuldade para lidar com haters: "Não me acostumei"

17 Jul 2022 - 13h50 | Atulizado em 17 Jul 2022 - 13h50
Paulo Vieira confessa ter dificuldade para lidar com haters:

O comediante Paulo Vieira, de 29 anos, foi um dos convidados do Altas Horas no último sábado (16). Ele conversou sobre sua participação no BBB22 com o quadro de humor Big Terapia, seu futuro trabalho no Globoplay e a dificuldade para lidar com haters nas redes.

Paulo logo agradeceu à Boninho, diretor da Rede Globo, pela oportunidade: “Quero mandar um beijo público para o Boninho, que foi o cara que me deu toda a liberdade do mundo. A gente que é artista sabe o valor que tem a liberdade para trabalhar.”

O humorista também considera que o sucesso do Big Terapia se deu graças a essa liberdade que recebeu durante o trabalho.


Paulo agradece Boninho por liberdade em Big Terapia (Foto: Reprodução/Altas Horas/TV Globo)


Falando sobre sua presença online, Paulo Vieira costuma ser muito ativo nas suas redes sociais e disse que gosta do Twitter por considerar um bom lugar para testar ideias.

“Eu falo muito, gosto do Twitter porque é compacto, um bom lugar para testar pensamentos. Comecei uma série ali: escrevia um capítulo novo por semana, sempre soube a fundação de uma empresa que falia no dia seguinte. No fim, isso tudo vai virar uma série no Globoplay. É bom para testar ideias”, contou Paulo.

Falando sobre as críticas que recebe nas redes, o humorista disse ainda se sentir chocado com o ódio das pessoas:

“Não gostar é direito de todos. O que acontece é que não me acostumei com as pessoas terem liberdade de odiar e falarem de mim. Isso me dá um choque, ainda mais quando vou pro BBB e acaba me chocando em algum lugar”, confessou.

A série Pablo e Luisão tem previsão de lançamento em 2023. Atualmente Vieira também trabalha nos programas "Rolling Kitchen Brasil" e "Avisa lá que eu vou". Segundo o Notícias da TV, o humorista já chegou a receber uma proposta da Amazon para um contrato de exclusividade e pagamento em dólares, como nas negociações com Lázaro Ramos e Ingrid Guimarães.

 

Foto Destaque: Paulo Vieira no Altas Horas. Reprodução/Altas Horas/TV Globo