Celebridades

Pelas redes sociais, Ludmilla cancela sua apresentação no Prêmio Multishow

19 Out 2021 - 14h50 | Atulizado em 19 Out 2021 - 14h50
Pelas redes sociais, Ludmilla cancela sua apresentação no Prêmio Multishow

Na manhã desta terça-feira (19), a cantora Ludmilla se pronunciou no twitter informando o cancelamento da sua apresentação no Prêmio Multishow. Após um longo desabafo mostrando o posicionamento de sua carreira, a artista mostrou insatisfação por não ter sido indicada a premiação de ‘cantora do ano’. A cantora foi indicada apenas uma vez, em 2019, e venceu a premiação. “Obrigada pelo convite, mas onde não sou bem vinda prefiro não estar só por educação” afirmou.



Ludmilla em seu twitter desabafando sobre a premiação (Tweet/Reprodução:twitter)

Ludmilla começa mostrando os números que fazem a sua carreira: "Sou a primeira cantora negra da América Latina a acumular 1 bilhão de streams só no Spotify, hoje são mais de 1.5 bilhão de plays nas plataformas. Meus clipes somam 2.5 bilhões de views, Rainha da Favela ficou meses entre as músicas mais tocadas. São os números que falam!”, afirmou a cantora. 

 

A premiação que terá apresentação de Iza e Tatá Werneck e será realizada no dia 8 de dezembro, teve seus indicados e seus shows apresentados na segunda-feira (18). A funkeira Ludmilla foi indicada para duas categorias, Clipe TVZ do ano, com ‘Rainha da favela’, e ao Hit do Ano, com ‘Deixa de onda’, em parceria com Dennis Dj e Xamã, porém não foi indicada ao cantora do ano, indicação dada para Ivete Sangalo, Anitta, Iza, Marília Mendonça e Luiza Sonsa.

 

https://inmagazine.com.br/post/Camila-de-Lucas-anuncia-que-ira-se-casar

 

https://inmagazine.com.br/post/Will-Smith-exibe-boa-forma-apos-pior-fisico-da-sua-vida

 

https://inmagazine.com.br/post/Joao-Guilherme-fala-sobre-associaram-seu-estilo-a-sua-sexualidade

No ano de 2019, Ludmilla ganhou a premiação e recebeu seu troféu ao som de vaias pela plateia, que teriam sido orquestrado pelos fãs de Anitta após uma briga entre as cantoras, e durante esse mesmo ano ela foi hostilizada em suas redes sociais com ataques racistas e homofóbicos, pois durante esse período ela e a dançarina Bruna Gonçalves, atual esposa, assumiram o relacionamento. “Desde quando ganhei a primeira vez e impactei todo o sistema por ser a primeira cantora negra a ser indicada e a vencer essa categoria em 26 anos de prêmio…”. “Infelizmente, essa é a forma que o sistema te boicota!”, constatou a cantora.

 

Foto Destaque: Ludmilla para seu twitter. Reprodução/Twitter