Saúde e Bem Estar

Pfizer: Agência americana autoriza imunização de crianças de 5 a 11 anos

30 Out 2021 - 11h00 | Atulizado em 30 Out 2021 - 11h00
Pfizer: Agência americana autoriza imunização de crianças de 5 a 11 anos

Na última sexta-feira(29), a FDA  (Food and Drug Administration), agência do Departamento de Saúde do EUA (Estados Unidos), aprovou o uso do imunizante da Pfizer contra o coronavírus em crianças de 5 a 11 anos no país. Depois da aprovação da FDA, o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), agência do departamento de Saúde dos Estados Unidos,  necessita dar sua aprovação e determinar os regulamentos para essa nova fase de imunização.


Imunizante Pfizer( Foto: Reprodução/X3/Pixabay)


O país aguarda o posicionamento para que, talvez, inicie essa imunização já na semana que vem, na população de 5 a 11 anos, que soma um total de 28 milhões de crianças. Está previsto para esse público uma dose de um terço do que foi dado na população adulta.

Uma votação feita por especialista, onde obteve apenas uma abstenção, expôs que a imunização deste público, possui mais benefícios na precaução contra o coronavírus do que riscos.

A farmacêutica americana Pfizer, na última sexta-feira(22), comunicou que seu imunizante contra a Covid-19 no público de faixa etária de 5 a 11 anos é eficácia na prevenção de infecções pela doença de 90,7% além de ser segura. Essas informações sobre o imunizante foram entregues à agência federal, Food and Drug Administration (FDA).

https://inmagazine.ig.com.br/post/Comite-da-OMS-solicita-que-todos-os-paises-reconhecam-as-vacinas-aprovadas-pela-organizacao

https://inmagazine.ig.com.br/post/Moderna-afirma-que-sua-vacina-contra-Covid-19-e-eficaz-em-criancas

https://inmagazine.ig.com.br/post/Sexo-eco-fiendly-decida-se-vale-a-pena

A pesquisa conduziu cerca de 2.268 crianças, onde tomaram duas doses do imunizante ou placebo, onde  ocorreu um intervalo de 3 semanas. Nas crianças, foi aplicada doses com 1/3 do que foi dado no público adolescente e adulto.

No estudo, dezesseis crianças que receberam o placebo testaram positivo para a Covid-19, em relação às três que receberam a dose da vacina, conforme os especialistas.

Depois do comunicado da agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, na última quarta-feira(27), a farmacêutica americana Pfizer afirmou que fará um requerimento de aprovação para a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para que aqui no Brasil seja aplicada o imunizante contra a Covid-19 no público de 5 a 11 anos.

Segundo a Pfizer, não há data para quando a solicitação será feita, a farmacêutica apenas diz que acontecerá durante o próximo mês.

Foto destaque: imunizantes. Reprodução: Maksim Goncharenok/Pexels

Mais Lidas