Tech

Piloto de F1 virtual é contratado para correr na Fórmula 2 na vida real

15 Jan 2022 - 11h25 | Atulizado em 15 Jan 2022 - 11h25
Piloto de F1 virtual é contratado para correr na Fórmula 2 na vida real

O piloto turco Cem Bölükbaşı que compete na Fórmula 1 pelos e-sports foi anunciado nesta quarta-feira pela equipe Charouz Racing System como novo integrante para disputar na vida real a temporada 2022 na categoria Fórmula 2, que é a principal categoria de acesso à Fórmula 1. 

Bölükbaşı tem 24 anos e protagoniza pela primeira vez na história do e-sports tal acontecimento. O piloto compete pela F1 virtual desde o surgimento da classe em 2017, disputando os campeonatos em 2018 e 2019 pela equipe Toro Rosso. 

No site oficial da Fórmula 1 o piloto contou um pouco a respeito do sonho ter se tornado realidade, "Eu ainda não tive tempo de processar tudo. Acredito que esse feito está crescendo a cada hora que passa. É um grande sonho que se concretiza, é difícil encontrar palavras. Estou muito feliz".


Cem Bölükbaşı realizando o sonho de competir na vida real. (Foto:Reprodução/Motorsport)


Segundo o piloto, a sua intenção sempre foi competir no automobolismo na vida real, porém os planos mudaram com a chegada da pandemia, fazendo com que ele permanecesse atrás do volante no mundo virtual em 2020. Ano em que foi campeão mundial pela Renault. 

O passo rumo a realidade das pistas e dos carros de corrida no real se deu no ano passado quando o turco desbravou novos caminhos dentro da pista da vida real, tendo passagens pela GT4 Euro, Le Mans, F3 Asiática e Euroformula, até chegar à Fórmula 2. 

Cem Bölükbaşı entra para história como o primeiro piloto saindo dos games a chegar perto da categoria principal do automobolismo mundial. 

Bolukbasi também é o primeiro piloto da história da Fórmula 2, que terá 14 etapas em 2022, todas disputadas nos fins de semana de corrida da Fórmula 1, com corridas preliminares.


Cem Bölükbaşı por trás da telas. (Foto:Reprodução/Instagram)


Ainda em declaração, o mais novo competidor da Charouz comemora, "Se eu não tivesse competido na Fórmula 1 virtual, eu nunca teria tido a chance de pilotar um carro de verdade. E não estaria onde estou hoje. É muito importante para mim ser o primeiro gamer a conseguir isso porque posso dar esperança aos jogadores. Se eles percebem que uma pessoa conseguiu, eles vão acreditar que podem também".

Segundo informações do site Grande Prêmio o Brasil já teve uma experiência próxima, o piloto Igor Fraga que disputava a Fórmula no e-sports chegou a competir pela Fórmula 3 porém não alcançou bom aproveitamento. 

 

Imagem Destaque: Piloto Cem Bölükbaşı. Reprodução/Getty Images