Money

Preço do minério em alta e acordo nos EUA movimentam a semana do mercado financeiro

30 Set 2021 - 16h41 | Atulizado em 30 Set 2021 - 16h41
Preço do minério em alta e acordo nos EUA movimentam a semana do mercado financeiro

Nesta quinta-feira (30), as bolsas internacionais estendem os ganhos de olho nas negociações para que o governo americano não paralise, o chamado shutdown, e também por conta dos dados animadores da economia chinesa. Os rendimentos dos títulos públicos dos Estados Unidos estão no radar, e que vinham pressionando as bolsas no início desta semana em meio a cautelas sobre a inflação, agora apresentam leves quedas, fazendo com que o mercado de ações abra caminhos para operar em mais um dia de alta.

 

Investidores americanos seguem atentos ao que acontece na capital Washington, tendo em vista que hoje é o último dia para que os partidos Republicano e Democrata evitem uma paralisação na economia, um shutdown. Após entraves nas negociações, um acordo foi desenhado com o líder da maioria no Senado, Chuck Schumer, para que os gastos do governo se estendam até o início de dezembro. Mesmo que temporária, a solução é vista como um alívio para investidores e para a economia americana que ainda vem se recuperando por conta das medidas restritivas impostas pela pandemia.

 

Ainda falando do Capitólio, os congressistas discutem um aumento do teto da dívida, ou seja, mais espaço fiscal para que o governo possa gastar sem estourar o limite. Mas essa pauta tem grande resistência na oposição. Os Republicanos ainda se mostram contrários ao aumento. Somado a isso, a Secretaria do Tesouro, Janet Yellen alertou que se o teto da dívida não for ampliado, os compromissos que os Estados Unidos firmaram, não poderiam se concretizar a partir de meados de outubro. 


Republicanos e Democratas debatem no Capitólio essa semana pautas que irão agitar o mercado financeiro. (Foto: Reprodução/bbc.com)


 

Os pedidos de seguro-desemprego que são solicitados de forma semanal nos EUA, segundo estimativas do mercado deve ficar em 355.000, 4.000 a mais do que o registrado na última semana. Um cenário para os investidores ficarem atentos.

 

Economia chinesa

 

Enquanto isso, na economia chinesa, onde os ventos eram avessos em relação à tomada de riscos, agora sopram favoráveis e sinais de esperança voltaram a surgir. Divulgados no fim da noite passada, os indicadores da economia local surpreenderam positivamente os investidores, mesmo que esses indicadores ainda tenham apresentado um grande crescimento.

 

O índice de gerente de compras (PMI, na sigla em inglês),

composto bateu a casa dos 51,7 pontos, acima da linha dos 50 pontos que divide a contração da expansão da atividade. O destaque ficou com o PMI não-manufaturado, batendo 53,2 pontos, acima das projeções dos 50,1 pontos. O PMI industrial, porém, ficou em 49,6 pontos contra a estimativa de 50,1 pontos.

https://inmagazine.com.br/post/Sucesso-imediato-no-Brasil-Pix-chega-a-40-milhoes-de-transacoes-e-bate-recorde

https://inmagazine.com.br/post/Petrobras-anuncia-aumento-no-preco-da-gasolina-nas-refinarias

https://inmagazine.com.br/post/Leilao-com-obras-de-Picasso-estima-arrecadar-cerca-de-100-milhoes-de-dolares

 

Minério de ferro

 

Em Dalian, na China,  o contrato de minério de ferro teve uma alta de 10,7%, antes do feriado da Semana Dourada da China, que inicia nesta sexta-feira, dia 1 de outubro, e vai até o próximo dia 7. Além de dados econômicos, a expectativa de maior demanda por aço no país ajudou a impulsionar a alta da commodity.

 

A valorização deve ter grande contribuição para a bolsa brasileira, uma vez  que a mineradora Vale (VALE3) tem o maior peso do índice. Nos Estados Unidos, as ADRs (Recibos Depositários Americanos) da Vale sobem 2,22%.

 

Taxa de desemprego

 

Na economia brasileira, o principal indicador do dia será a taxa de desemprego, medida pelo IBGE. A expectativa do mercado é de uma leve queda de 14,1% para 13,9%. Na véspera, os dados Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostraram a abertura de 372.265 vagas formais de trabalho em agosto. O número superou as expectativas colhidas pela agência de notícias Reuters, que era de criação de 272.500 postos de trabalho.



Vai Privatizar? 

 

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), em reunião no Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização, deliberou por unanimidade recomendar a contratação do International Finance Corporation (IFC) para consultoria e análise de "possíveis alternativas de reestruturação do capital da Sabesp".

 

Galpões da BR

 

A BR Properties adquiriu um terreno de 150.000m² em Cajamar, próximo à capital paulista. Há um projeto em desenvolvimento de condomínios logísticos Cajamar 1. No novo terreno, a empresa espera fazer o Cajamar 2, com quatro galpões logísticos.

 

De acordo com a empresa:

 

"A aquisição faz parte da estratégia de posicionamento da companhia no mercado de galpões industriais e logísticos. Localizada a 30 quilômetros da capital paulista, e  com fácil acesso às principais rodovias do estado, a região de Cajamar vem se consolidando com a principal região logística do país"

 

Foto destaque: Reprodução/veja.abril.com.br