Esportes

Prefeitura do Rio libera 50% de publico em estádios e boates em setembro

30 Jul 2021 - 00h00 | Atulizado em 30 Jul 2021 - 00h00
Prefeitura do Rio libera 50% de publico em estádios e boates em setembro

A Prefeitura do Rio de Janeiro, anunciou nesta quinta (29), plano gradual de flexibilidade das medidas restritivas na cidade em 3 etapas, de 2 de setembro a 15 de novembro. A primeira etapa depende de 77% dos cariocas terem recebido a primeira dose da vacina contra a Covid e 45% a segunda dose.

 Nesta data acontecerão a liberação de eventos em ambientes abertos com público com esquema vacinal completo em estádios (50% da capacidade) e permissão em boates e casa de shows também com a mesma capacidade permitida.


Novela de punição à torcida do Cruzeiro pode estar perto do fim

Cruzeiro recebe nova multa e para contratar terá que embolsar R$ 13 milhões

Goleira Bárbara discute com atleta paraolímpica em rede social: 'Acha que só porque é deficiente pode falar o que quer?'


 O lançamento desta etapa prevê o fechamento de ruas para o transito, eventos em polo gastronômicos DJs em pontos de orla, iluminações, projeções e apresentações musicais e ponto facultativo na cidade dia 5 de setembro.

 


Prefeitura do Rio libera estádios da cidade com 50% de publico (Foto: Reprodução/Veja Rio)


 Também estão previstas programações especiais nas cidades das Artes e do Samba, meia entrada em pontos turísticos e apresentação de orquestra na Lapa.

 O prefeito explicou que pretende vacinar adultos com a primeira dose até o dia 18 de agosto. E, assim como projetou um calendário de vacinação, decidiu anunciar um calendário para o carioca "poder ter de novo uma vida normal". O plano foi denominado Rio De Novo.

"Nosso desejo é que o Rio seja a cidade do mundo inteiro que celebre o reencontro da vida com ela mesma."

 

Pré requisito para redução de restrições:

 

·        - Cenário epidemiológico favorável

·      -   Continuidade da chegada de vacinas

·        - Manutenção da vacinação dos cariocas

·      -Alta cobertura vacinal completa acima de 60 anos

 

 A realização do plano anunciado nesta quinta vai depender da concretização do calendário de vacinação, que pretende imunizar todos adultos, com a primeira dose, até agosto.

"Outro dia me disseram que eu não deveria ter divulgado o calendário sem ter a certeza que o ministério (da Saúde) iria enviar as vacinas. Falei que temos que divulgar o calendário para que, caso atrase, a gente tenha pressão popular e, dessa forma, a vacina chegue logo."



(Foto destaque: 
Prefeitura do Rio libera 50% de publico em estádios e boates em setembro. Reprodução/ Prefeitura do Rio)

Mais Lidas