Esportes

Prefeitura publica decreto e Rio fica a um passo de liberação total nos estádios

27 Out 2021 - 12h50 | Atulizado em 27 Out 2021 - 12h50
Prefeitura publica decreto e Rio fica a um passo de liberação total nos estádios

Nesta quarta-feira (27), a Prefeitura do Rio de Janeiro publicou o decreto que libera a capacidade máxima de público no estádios da região, fazendo com que não haja mais restrições de quantidade. Porém, o decreto precisa ser sancionado pelo governador do Estado, Cláudio Castro.

Algumas restrições em relação às medidas de proteção permanecem, como o uso de máscara obrigatório dentro do evento e ciclo vacinal completo para entrar no estádio em questão, caso contrário, deverá ser feito um exame PCR, até 48 horas antes da entrada, para ser autorizada a permanência no local. 

Art. 3º Fica autorizado: 

(...)

IV - competições esportivas com a presença de público em estádios e ginásios, com esquema vacinal completo ou teste de antígeno ou PCR nas ultimas 48h."

Flamengo e Athletico se encontram no Maracanã para desempatar duelo (inmagazine.com.br)

Maurício Souza é afastado do Minas Tênis Clube após caso de homofobia (inmagazine.com.br)

Flamengo joga a semifinal da Copa do Brasil com a expectativa do reencontro de Bruno Henrique e Gabigol dentro de campo (inmagazine.com.br) 

Após a proibição de público nos estádios, em meio aos estaduais em 2020, os torcedores voltam a sentir o calor do jogo de futebol novamente. Nas últimas semanas, com o avanço da quantidade de pessoas vacinadas e números de infectados em baixa, as autoridades seguiam liberando aos poucos a volta de torcida, porém, agora está a um passo de tudo voltar ao normal no âmbito esportivo. 


Estádio do Maracanã vazio. (Foto: Reprodução/rwcast)


A volta dos torcedores nos estádios teve sua principal iniciativa com a diretoria do Flamengo, que defendeu a tese da liberação gradual do público, mas a ideia não foi bem aceita pelos demais clubes. Além do benefício em relação à parte esportiva, a venda de ingressos é uma grande parte da receita de muitas equipes no Brasil e no mundo, com isso, situações financeiras complicadas em times brasileiros tendem a melhorar. 

O Vasco estuda aumentar a carga de ingressos para a partida contra o CSA, em São Januário, já que só foram disponiblizados 9.500 ingressos. O decreto não se torna válido para a partida de hoje, entre Flamengo e Athletico Paranaense, pela Copa do Brasil. Já Botafogo e Fluminense, só voltam a atuar no estado do Rio de Janeiro na próxima semana.

Foto Destaque: Maracanã antes da pandemia da Covid-19. Reprodução/jornalexata

Mais Lidas