Esportes

Presidente da Fifa provoca EA Sports após fim da parceria: "O único jogo que tiver o nome Fifa será o melhor"

10 Mai 2022 - 22h00 | Atulizado em 10 Mai 2022 - 22h00
Presidente da Fifa provoca EA Sports após fim da parceria:

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, rebateu a EA Sports após a produtora divulgar o EA Sports FC para 2023, que será o nome da nova série de jogos de futebol da empresa após o fim da parceria com a entidade máxima do futebol. Nesta terça-feira (10), em comunicado oficial, a Fifa confirmou que iniciará o modelo de não exclusividade no licenciamento para games.

"Posso assegurar que o único jogo real e autêntico que tiver o nome da Fifa será o melhor disponível para os gamers e fãs do futebol. O nome FIFA é o único título original e global. FIFA 23, FIFA 24, FIFA 25 e assim por diante: a constante é o nome FIFA. Será assim para sempre, permanecendo o melhor", afirmou o presidente da Fifa, Gianni Infantino.


Gianni Infantino, presidente da Fifa, durante congresso da entidade em Doha — Foto: Getty Images


 

Fifa estende contrato com EA para lançamento do FIFA 23

Por outro lado, a Fifa estendeu o vínculo com a EA Sports para comercializar o FIFA 23, que será a última edição em parceria com a entidade máxima do futebol após 30 anos. Anteriormente, o acordo tinha prazo para ser encerrado em dezembro deste ano. Além disso, o jogo terá conteúdos relacionados com a Copa do Mundo de 2022 e também com a Copa do Mundo Feminina de 2023.
 

Entenda o combate entre FIFA e EA Sports

A mudança foi motivada pelo fim da longa parceria entre a Electronic Arts e a Fifa.

Em outubro do ano passado, o diretor-geral da produtora, Cam Weber, informou que a franquia pode devido a uma revisão da parceria que a empresa tem com a própria Fifa para utilizar o nome da entidade máxima do futebol.

Segundo matéria do jornal americano " The New York Times" no ano passado, a FIFA teria pedido US$ 1 bilhão para renovar o contrato por mais 4 anos. A EA Sports paga US$ 100 milhões por ano à Fifa e, conforme reportagem do UOL, acredita que pode economizar o valor enquanto continua oferecendo uma experiência diferente e única, dadas as licenças de ligas como Champions League (Liga dos Campeões), Taça Libertadores, Premier League (Campeonato Inglês), LaLiga (Campeonato Espanhol), Bundesliga (Campeonato Alemão), e mais.

O acordo com a Fifa permite à publisher usar o nome Fifa nos games e produzir jogos oficiais da Copa do Mundo. Também lhe dá o direito de ser o parceiro na organização de campeonatos de esports da entidade, como a FIFA e World Cup (antiga FIFA Interactive World Cup).

A EA definiu o rebranding como mais do que uma mudança de símbolo, e que o nome EA Sports FC será uma grande mudança de ares e promete continuar com a qualidade e surpreendendo o publico gamer.