Esportes

Presidente do Fluminense sobre Diniz na Seleção: "Nenhuma hipótese"

10 Mar 2023 - 20h15 | Atulizado em 10 Mar 2023 - 20h15
Presidente do Fluminense sobre Diniz na Seleção:

Fernando Diniz, na última quarta-feira (08), finalmente conquistou seu primeiro título como treinador, a tradicionalíssima Taça Guanabara. O técnico, que abraçou o projeto do Tricolor carioca, está sendo ovacionado tanto pela torcida quanto pela diretoria do clube. O presidente Mário Bittencourt falou em entrevista sobre o trabalho do treinador de 48 anos; apontando-o como um dos grandes responsáveis pela boa fase do Fluminense.

“Estou muito feliz com essa primeira conquista do Fernando Diniz no Fluminense. De todos nós, ele é sem dúvida o que mais merecia, porque é um treinador brilhante e um grande ser humano. Construímos um projeto sólido em torno do trabalho dele, com um contrato até o fim de 2024 e com possiblidade de extensão até o fim de 2025.” – disse o dirigente campeão da Guanabara.



Diniz, de motivo de piada a campeão. (Reprodução/Twitter)


“O Fluminense, além de tudo, é um dos clubes mais prejudicados no futebol brasileiro com uma distribuição de receitas desigual perpetuada há anos. O que nos faz ser competitivos hoje é justamente a solidez e longevidade de nossos projetos. Por isso, temos a cultura de preservar os profissionais para que sejam nossos alicerces de reconstrução, e o Fernando é hoje o grande comandante dentro do campo desse bom trabalho que estamos fazendo.” – Completa Mário Bittencourt.

O sucesso de Fernando Diniz no clube das laranjeiras tem ganhado um reconhecimento enorme. O treinador vem sendo colocado ao lado de Carlo Ancelotti e Pep Guardiola como possíveis nomes para assumir a Seleção Penta campeã mundial. Sobre isso o presidente do clube afirma:

“Amamos e respeitamos a seleção brasileira, mas por óbvio que o projeto de vitórias e conquistas do Fluminense está à frente de qualquer coisa no mundo. Nada fará com que nos afastemos disso, a não ser que a CBF ou o próprio treinador queiram pagar a multa integral do contrato, e aí o Fluminense não tem o que fazer. Mas liberar por liberar, não há nenhuma hipótese.”

Em sua segunda passagem como técnico do Fluminense, Fernando Diniz acumula 55 partidas, com 34 vitórias, 10 empates e 11 derrotas; sob seu comando, o Flu marcou 104 gols e sofreu 51 até o momento. Sob o comando do treinador, o Tricolor realizou boa campanha no Campeonato Brasileiro (3º lugar) e voltou à semifinal da Copa do Brasil depois de sete anos.

Foto Destaque; Fernando Diniz. (Reprodução/Twitter)