Saúde e Bem Estar

Própolis: para que serve e quanto deve tomar diariamente?

24 Mar 2022 - 20h28 | Atulizado em 24 Mar 2022 - 20h28
Própolis: para que serve e quanto deve tomar diariamente?

O própolis é uma resina naturalmente produzida pelas abelhas a partir da seiva das árvores, que é combinada com a cera e a saliva das abelhas, resultando em um produto marrom pegajoso que serve como revestimento e proteção da colmeia.

Pesquisadores confirmam o poder antimicrobiano e antioxidante dos exemplares brasileiros.

Existem muitos benefícios no uso do própolis diariamente, dentre eles estão:

Combate amidalites, infecções nas vias aéreas superiores, caso da amidalite, costumam ser provocadas por bactérias chamadas gram-positivas, protege os dentes, até as bactérias da boca saem perdendo com o produto das abelhas, fortalece a imunidade, acaba com a acne, acelerar a cicatrização de feridas, fortalece o sistema imunológico, ajudar a tratar o herpes, cura aftas e gengivites, prevenir contra o câncer, proteger contra a Helicobacter pylori.


Esse subproduto das abelhas pode beneficiar a sua saúde(Foto destaque: Reprodução/olgakr/Getty Images)


Atualmente já foram identificados mais de 300 compostos no própolis, a maioria na forma de polifenóis que atuam como antioxidantes, ajudando na prevenção e combate de doenças. O própolis ainda possui propriedades que protegem contra bactérias, vírus e fungos, bem como é anti-inflamatório e possui ação cicatrizante.

Foi comprovado que o própolis atua sobre lesões de pele impedindo o crescimento e a ação das bactérias, leveduras e fungos, acelerando o processo de cicatrização. Aplicar própolis na pele a cada 3 dias pode ajudar a tratar pequenas queimaduras e prevenir infecções. Entretanto, mais estudos são necessários para a definição da dose e efeitos desse composto.

Algumas pomadas contêm própolis em sua composição, como Herstat ou Coldsore-FX, que atuam na diminuição dos sintomas e na cura mais rápida das feridas de herpes labial e genital. No entanto, o própolis sozinho também vem apresentando resultados, se aplicado de 3 a 4 vezes ao dia sobre a ferida, apresentando tempo de cura mais eficiente do que com outras substâncias, como o Aciclovir, que é normalmente indicado no tratamento da herpes.

Além disso, a utilização do creme de própolis já tem associação com a proteção do corpo contra futuras lesões por herpes. Para evitar reações graves de alergia, é recomendado fazer um teste de sensibilidade antes de utilizar o própolis, sendo para isso apenas necessário pingar 2 gotas do extrato no antebraço e aguardar entre 20 a 30 minutos e verificar se surge coceira ou vermelhidão na pele.

Pessoas que não podem usar:

O extrato de própolis está contraindicado para pessoas com alergia a abelhas, ao própolis ou a algum dos componentes da fórmula do produto. Durante a gravidez ou lactação, o própolis só deve ser usado somente com orientação médica.

Então usar própolis faz toda a diferença no corpo humano.

 

Foto destaque: Reprodução desconhecido

Mais Lidas