Celebridades

Rainha Elizabeth II completa 70 anos de reinado

06 Fev 2022 - 16h38 | Atulizado em 06 Fev 2022 - 16h38
Rainha Elizabeth II completa 70 anos de reinado

Nesse domingo (6), a rainha Elizabeth II completa 70 anos de reinado. Quando ascendeu ao trono, tinha apenas 25 anos. E a televisão havia acabado de ser criada durante o período da coroação, o premie britânico era Winston Churchill e Joseph Stalin era o chefe de estado da União Soviética.

No início de seu reinado, a rainha presenciou a criação das redes de internet, algo que viria ser utilizado para expor em escala global os escândalos internos de sua família.

Nestes 70 anos ainda presenciou o fim da antiga União Soviética, o início e fim da ditadura militar, e demais acontecimentos que determinaram a segunda metade do século XX e atual século XXI.

A rainha Elizabeth II ainda é a chefe de estado tanto da Austrália e território britânico do Canadá, onde desempenha papel de monarquia apenas simbólica. Ainda a rainha apresenta com o histórico do matrimonio real britânico mais longevo da história, com uma união que durou 73 anos. Antes de se tornar rainha, Elizabeth e sua irmã Margareth ainda serviram em prol das forças auxiliares no Serviço Territorial Auxiliar como comandante e motorista, chegando ainda a ser promovida a comandante júnior honorária.



Para alguns estudiosos o período de Elizabeth II é uma era ouro na monarquia britânica, equivalente ao da rainha Elizabeth I, como um dos períodos de maior glória da monarquia real. Contudo, há outros que dizem que o legado da monarca de 95 é menos significativo, porém possui uma notoriedade de levar a monarquia adiante em períodos de agitações e evoluções sociais e econômicas.

De acordo com Anne Whitelock, professora de história da monarquia na City University de Londres: “Acredito que a rainha tenha feito um bom papel”, “A definição de sucesso para qualquer monarca ao longo do tempo é preservar a monarquia e garantir a sucessão. Esse é o trabalho principal, e foi isso que ela fez.”

De acordo com Vernon Bogdanor, que é especialista em história constitucional britânica: “Nenhuma das outras potências imperiais conseguiu isso… e no Reino Unido, grandes mudanças sociais e econômicas foram realizadas de forma pacífica e consensual. Isso é muito notável.”

 

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images.