Notícias

Realização de casamento homoafetivo dispara em 2021

19 Nov 2021 - 15h11 | Atulizado em 19 Nov 2021 - 15h11
Realização de casamento homoafetivo dispara em 2021

O número de casamentos do mesmo sexo este ano deve ser um recorde. Isso é demonstrado por uma pesquisa exclusiva do G1 fornecida pela Arpen (Associação de Registradores de Pessoas Físicas). Considerando a média mensal, a expectativa é de que os casamentos entre pessoas do mesmo sexo ultrapassem 10.000 neste ano. Dois fatores também podem aumentar esses números: dezembro é geralmente o mês com mais casamentos, e a pandemia melhorou e a taxa de vacinação é alta.

Há dez anos, em 2011, uma decisão do Supremo Tribunal apoiou a união estável de casais do mesmo sexo. Em 2013, o Conselho Nacional de Justiça emitiu uma resolução estendendo esta decisão a todo o país e exigindo que os tabeliães tratassem de casamentos. Segundo ele, a solução encontrada mostra as dificuldades do país em reconhecer os direitos LGBT e as resistências sociais.


Alianças LGBT (Foto: Reprodução/ObservatórioG)


“A maior vantagem é que o casamento deixa muito claro o início e o fim do sistema de propriedade, o que evita discussões sobre a existência de união estável. Há uma declaração clara que pode trazer segurança jurídica aos problemas das crianças ou até mesmo na eventualidade de ocorrer um acidente", disse a diretora do Arpen, Andreia Ruzzante Gagliardi.

“Temos medo de perder nossos direitos, medo de não podermos nos casar, medo de que as coisas retrocedam, medo de que nossos filhos não tenham os mesmos direitos”, disse Letícia.

“Tenho 15 anos e chorei uma semana e disse a Deus para me levar embora”, disse William ao G1.

“Estou curioso, então vou testar para ver se isso é algo que eu realmente gosto”, disse Thiago, mesmo no contexto de uma pandemia.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Treinador-do-PSG-diz-que-treinar-os-melhores-jogadores-do-mundo-nao-e-facil

https://inmagazine.ig.com.br/post/Rico-e-o-novo-fazendeiro-e-se-garante-no-top-10

https://inmagazine.ig.com.br/post/Desmatamento-em-alta-acobertamento-de-informacoes-e-consequencias

O casamento homoafetivo deve bater recorde em 2021. Todos os meses após a eleição, o número de casamentos aumentaram significativamente. Na época, advogados disseram que casais do mesmo sexo poderiam perder seus direitos e sugeriu o casamento formal. Alguns casais também optaram por usar formalmente a união para protesto na arena política. O mês com mais casamentos em 2019 foi no mês de janeiro. O maior recorde de 2011 foi em julho, dois meses após a decisão do STF sobre a união de casais do mesmo sexo. Só de 1º de janeiro a 31 de outubro deste ano, SP teve 2.788 casamentos homossexuais.

Foto destaque: Casamentos Homoafetivos. Reprodução/Aquinotícias.