Esportes

Red Bull Racing nega interesse em Lewis Hamilton

24 Mar 2023 - 19h11 | Atulizado em 24 Mar 2023 - 19h11
Red Bull Racing nega interesse em Lewis Hamilton

O contrato de Lewis Hamilton com a Mercedes se encerra no fim de 2023 e, apesar do piloto assegurar seu compromisso com a equipe alemã, dúvidas sobre o futuro do heptacampeão ainda rodam pelo grid automobilístico. Questionado acerca da possibilidade de inserir Hamilton em sua equipe, o dirigente Christian Horner reforçou a satisfação da Red Bull Racing com os seus pilotos e negou ter espaço para o multicampeão.

“O que Lewis conquistou na F1 é inigualável, mas estamos muito felizes com nossos pilotos. Eles estão comprometidos não só nesta temporada, como na próxima. Então não vejo onde poderíamos encaixar Lewis” respondeu o gestor da RBR, responsável por levar o título do Mundial de Construtores de 2022 para a empresa austríaca.

A Mercedes surpreendeu no fim do ano passado, quando começou a ocupar pódios com maior frequência e pareceu superar os problemas enfrentados no começo da temporada de 2022, no entanto, a sorte não se manteve ao lado da equipe alemã no início deste ano.

Pela primeira vez desde que os motores híbridos foram introduzidos, em 2014, o time ficou fora de um pódio em uma etapa de abertura da Fórmula Um - neste ano, no GP de Bahrein. O efeito negativo se repetiu logo em seguida, na segunda corrida do ano, desta vez na Arábia Saudita: Russell e Hamilton ficaram, respectivamente, em quarto e quinto lugar.


Lewis Hamilton foi sete vezes campeão mundial pela Mercedes. (Foto/Reprodução: Getty Images)


Mesmo com a má fase enfrentada pela equipe, Hamilton garantiu a sua total fidelidade e contou que sua renovação com a Mercedes não tem conexão com o atual desempenho da equipe ou de seus carros. “Amo o desafio de achar soluções, e ainda acredito que sou capaz de colocar o carro em lugares que outros talvez não consigam. E amo esse desafio. Claro que gostaria de poder começar o campeonato com um ótimo carro, mas é a jornada que realmente conta", declarou o britânico, um pouco antes do circuito de Jeddah, no último fim de semana.

Pelos meios tradicionais, a Red Bull Racing de fato não conseguiria comportar o piloto - uma vez que o atual bicampeão, Max Verstappen, tem contrato com o time até 2028 e já seu colega de equipe, Sergio Pérez, até 2024. A demissão de Daniel Ricciardo pela McLaren em 2022, no entanto, lembra como é possível pagar multas. Ficamos no aguardo de novas atualizações.

 

Foto destaque: RBR fecha portas para Hamilton e declara satisfação com Max Verstappen e Sergio Pérez. Reprodução: Getty Images.