Esportes

Ruptura com antiga gestão e incômodo de Luxemburgo marcam primeira semana de Ronaldo no Cruzeiro

25 Dez 2021 - 11h04 | Atulizado em 25 Dez 2021 - 11h04
Ruptura com antiga gestão e incômodo de Luxemburgo marcam primeira semana de Ronaldo no Cruzeiro

Após euforia inicial com a promessa de R$ 400 milhões em investimentos, a primeira semana de Ronaldo Fenômeno no Cruzeiro termina com declaração de Luxemburgo incomodado quanto à incerteza de sua permanência em 2022. Até o momento, a nova gestão não se pronunciou quanto ao comandante técnico da Raposa no próximo ano e a demissão de Alexandre Mattos, rompendo com a antiga gestão, demonstra que o planejamento deixado por ela não será totalmente seguido.

A decisão tem que ser respeitada. Ele (Ronaldo) que comprou o Cruzeiro, ele que sabe como vai administrar. Só acho desnecessária a exposição de um profissional que está há tantos anos no mercado, que as pessoas sabem o que ele pode entregar e não pode entregar. E essa avaliação, essa pesquisa, se fica ou não fica, se vai avaliar o trabalho, só expõe o trabalho dos dois lados”, disse o Luxemburgo na última sexta-feira.

Segundo informações do GE, Fenômeno deseja trabalhar com nomes já conhecidos por ele e de sua confiança. Suas primeiras escolhas foram Gabriel Lima e Paulo André, dois executivos que estavam no Valladolid, outro clube gerido pelo ex-jogador. Gabriel e Paulo serão responsáveis por liderar a transição de gestão no clube.


Ronaldo em visita ao Valladolid com Gabriel Lima (à direita) (Foto: Reprodução/ Instagram)


Desde o anúncio do investimento de Fenômeno no clube, além de mudanças na gestão do departamento de futebol do Cruzeiro, as conversas entre a diretoria, as áreas de atuação de Ronaldo e de seus comandados tem sido intensas, com muita troca de informação.

https://inmagazine.ig.com.br/post/49ers-sai-na-frente-mas-perde-de-virada-para-os-Titans

https://inmagazine.ig.com.br/post/Mendy-lateral-do-Manchester-City-recebe-setima-acusacao-de-estupro

https://inmagazine.ig.com.br/post/Deportivo-Cali-conquista-titulo-colombiano-e-define-adversario-de-Fluminense-na-Libertadores


O ex-jogador busca um diagnóstico do momento do clube mineiro. Ele tem feito contato com negócios e parcerias do mercado que já mantiveram relacionamento com a Raposa para entender a atual situação. O objetivo é concluir o processo de transição em até 4 meses. Enquanto isso, ele realizará aportes emergenciais para manter os salários em dia e pagar o transfer ban, punição imposta pela Fifa, devido às dívidas do clube com times do exterior.

Foto destaque. Ronaldo assina compra do Cruzeiro. Divulgação/XP Investimentos