Moda

Saiba mais sobre as mulheres que revolucionaram a alta-costura no século 20

09 Mar 2022 - 15h38 | Atulizado em 09 Mar 2022 - 15h38
Saiba mais sobre as mulheres que revolucionaram a alta-costura no século 20

A alta-costura, com seus modelos exclusivos e criações exuberantes, é a principal responsável por lançar tendências da moda e definir suas fases. Quando ouvimos falar sobre a moda no último século nos deparamos com nomes brilhantes como Christian Dior, Coco Chanel, Giorgio Armani, Donatella Versace, Yves Saint Laurent e diversos outros estilistas que conquistaram espaço na história da alta-costura e influenciam o estilo de se vestir até os dias atuais.

Porém, o que poucos sabem é que, antes mesmo desses nomes fazerem sucesso, a trajetória da moda foi marcada por duas empreendedoras que revolucionaram a categoria no século 20: Jeanne Lanvin e Madeleine Vionnet.
Se você nunca ouviu falar nesses nomes, veja agora um breve resumo sobre a história dessas mulheres que foram as pioneiras da alta-costura.

LEIA MAIS

Jeanne Lanvin


Jeanne-Marie Lanvin (Foto: Reprodução/Site Lanvin)


Nascida no primeiro dia do ano de 1867, em Paris, Jeanne-Marie Lanvin começou a carreira no mundo da moda com apenas 13 anos, como costureira. Aos 16 anos se tornou aprendiz na Maison Félix, onde produzia chapéus. Em 1889, juntou toda sua economia e abriu seu próprio negócio, inicialmente vendendo seus acessórios para cabeça. Mais tarde, após o nascimento de sua filha Marguerite, Lanvin passou a desenhar roupas infantis, o que despertou o interesse de suas clientes, fazendo com que começasse a confeccionar roupas para mães e filhos.

Sua cor favorita era o azul, o que deu origem a expressão “azul Lanvin”. No ano de 1909 a famosa Maison Lanvin é oficialmente fundada e passa a integrar o Chambre Syndicale de la Haute Couture (sindicato da Alta-Costura), sendo a casa de moda mais antiga da França. Nela, eram confeccionados vestidos de noivas, chemisiers, casacos de pele e robes de style. A cintura alta e saia rodada foram algumas das marcas registradas da grife.



Modelos de confecções de Lanvin. (Foto: Reprodução/Pinterest)


Madeleine Vionnet



Madeleine Vionnet. (Foto: Reprodução/Instagram)


Inventora do famoso "corte ao viés" e conhecida como “arquiteta dos costureiros” devido ao seu talento na costura, Madeleine nasceu no dia 22 de junho de 1876, na França. Aos 19 anos, se mudou para Londres para aprender sobre costura, deixando o marido e seu filho pequeno.

Quando retornou à Paris, em 1901, trabalhou como modelista, mas logo depois foi contratada por Jacques Doucet. Em sua primeira coleção para o designer de moda, mostrou seu lado inovador e provocante, apresentando um desfile com modelos descalças e sem fourreaux (vestido de seda que era usado por baixos das roupas). O acontecimento foi um escândalo para sociedade da época, que se recusou a comprar as roupas criadas por ela.

Em 1912, saiu do ateliê de Doucet para fundar sua própria casa de moda, na qual teve sucesso após a Primeira Guerra Mundial, se tornando a couturière mais concorrida entre a elite de Paris.

Foto de destaque: Reprodução/Pinterest