Esportes

Santos vence Água Santa, se mantém na A1, mas não avança para segunda fase do Paulistão

20 Mar 2022 - 12h57 | Atulizado em 20 Mar 2022 - 12h57
Santos vence Água Santa, se mantém na A1, mas não avança para segunda fase do Paulistão

Na tarde deste sábado (19), o Peixe venceu a equipe de Diadema por 3 a 2, na Vila Belmiro, e se livrou do rebaixamento para a série A2 do Campeonato Paulista, mesmo com o triunfo, o Alvinegro não conseguiu a classificação para o mata-mata do estadual, pois ficou na terceira colocação do Grupo D com 14 pontos, um atrás do segundo colocado Santo André.



O Santos foi a campo com o incomodo fantasma do rebaixamento, mas ainda assim, poderia se classificar para a segunda fase do estadual, para isso, precisava vencer a sua partida e torcer para o Ramalhão ser derrotado pela Inter de Limeira. Entretanto, mesmo com a vitória do Alvinegro por 3 a 2 diante o Netuno. O Santo André acabou batendo a equipe de Limeira por 2 a 0 e avançou para o mata-mata. Por outro lado, o triunfo livrou o Peixe do rebaixamento e colocou a tradicional Ponte Preta na A2 em 2023, assim como o Grêmio Novorizontino, que já havia caído.

O jogo

O Santo André abriu o placar com Dadá Belmonte após uma falha de João Paulo em uma cobrança de escanteio, a bola sobrou para na área para o camisa 7 que empurrou para o fundo do gol. Alguns instantes depois, Zanocelo aproveitou uma bola espirrada na entrada da área, dominou no peito e anotou um golaço empatando para o Peixe. Logo em seguida, Ricardo Goulart virou para os donos da casa e Kaiky também de cabeça ampliou para o Santos. Antes do intervalo o Alvinegro ainda desperdiçou uma grande chance com Marcos Leonardo.

Na volta para a etapa final, o Santos seguia dominando as ações, mas a equipe do ABCD Paulista explorava as bolas longas e o jogo aéreo. Aos 39 minutos do segundo tempo, o zagueiro Bauermann foi expulso e na cobrança de falta, Rodrigo Sam descontou de cabeça e deu números finais ao jogo.

 

 

Foto destaque: Kaiky comemorando o terceiro gol do Santos. Reprodução/Santos FC-Twitter.