Saúde e Bem Estar

São Paulo reduz tempo entre as doses da Pfizer de 8 semanas para 21 dias

19 Out 2021 - 13h15 | Atulizado em 19 Out 2021 - 13h15
São Paulo reduz tempo entre as doses da Pfizer de 8 semanas para 21 dias

Na última segunda-feira (18), o governo de São Paulo antecipou de 8 semanas para 21 dias o tempo entre a primeira e a segunda dose da vacina da farmacêutica americana Pfizer. Essa determinação terá início a partir dessa terça-feira (19) para o público com idade acima dos 18 anos que tenha tomado a primeira dose.


(Foto:Reprodução/Ronstik/Pixabay)


Esse novo tempo de intervalo está recomendado na bula da vacina e protegerá cerca de 2 milhões de pessoas que já se vacinaram com a primeira dose, de acordo com a secretaria Estadual de Saúde. Já havia ocorrido a alteração do tempo entre a primeira e segunda dose no mês de setembro, pelo gerenciamento estadual, de 12 semanas para 8, mas era possível uma nova redução do intervalo com o recebimento de mais vacinas para o estado.

Regiane de Paula, coordenadora do Programa Estadual de Imunização, na última segunda-feira deu a seguinte afirmação: “Distribuímos integralmente a todas as cidades as doses necessárias para concluir a imunização do público adulto e, por isso, pactuamos esta redução no prazo para 21 dias”.

https://inmagazine.com.br/post/Sao-Paulo-Internacoes-por-COVID-19-tem-queda-de-90

https://inmagazine.com.br/post/Rio-Grande-do-sul-passa-a-exigir-comprovante-de-vacinacao-em-eventos

https://inmagazine.com.br/post/Astrazeneca-Ministerio-da-Saude-diminui-o-intervalo-entre-a-primeira-e-segunda-dose

As pessoas que já tomaram a primeira dose da vacina da Pfizer, podem olhar na sua carteira de vacinação para retornar para a segunda dose depois dos 21 dias da primeira aplicação. Se o tempo for maior, você poderá se vacinar com a segunda dose antes da data de volta descrita na carteira de vacinação.

A imunização para o público adolescente permanece com o tempo entre a primeira e segunda dose de 8 semanas. O adiantamento para as pessoas dessa faixa etária acontecerá por meio da oferta de mais vacinas pelo Ministério da Saúde, segundo a secretaria. A capital da cidade adotará a redução de 8 semanas para 21 dias entre a primeira e segunda dose da Pfizer na próxima quinta-feira (21).

De acordo com Edson Aparecido, secretário municipal da saúde, essa medida de vacinação com a redução de intervalo irá decorrer com o recebimento de novos imunizantes, o que deve ocorrer ainda nesta terça-feira. E após, enviar para as Unidades Básicas de Saúde até a próxima quinta-feira (21), 357 mil doses da Pfizer.

 

Foto Destaque: Reprodução/X3 /Pixabay 

Mais Lidas