Notícias

Segundo suspeito de esfaquear jornalista da TV Globo é preso

16 Abr 2022 - 11h35 | Atulizado em 16 Abr 2022 - 11h35
Segundo suspeito de esfaquear jornalista da TV Globo é preso

Um segundo homem suspeito de esfaquear o jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo de Brasília. na noite desta quinta-feira (14), é preso nesta sexta-feira (15) pela Polícia Civil do Distrito Federal. O crime foi cometido por dois homens, e Gabriel já passou por cirurgias em um hospital particular da capital.

No hospital, o jornalista despertou, pôde receber visitas do pai e de amigos, e conseguiu gesticular para responder perguntas. Gabriel se comunicou por meio de um bilhete e questionou que horas eram naquele momento.

A polícia, na noite desta sexta-feira, apontou que investiga o crime como tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte) e que não analisa outras hipóteses.

De acordo com um investigador que atua no caso, o segundo suspeito tem 19 anos e foi preso em uma praça no Cruzeiro, região onde é localizada a 3ª Delegacia de Polícia. Mais cedo, ainda na sexta, a Polícia Civil já havia informado a apreensão de um adolescente de 17 anos, que também é suspeito de envolvimento.

Uma agente que também atua nas investigações informou que o menor de idade foi levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde prestou depoimento.

Ferimentos

Gabriel Luiz sofreu uma série de golpes no pescoço, no abdômen, no tórax e na perna.

O jornalista apresentou marcas do ataque, como perfurações no estômago, no pulmão, no pâncreas e diafragma. Com menor gravidade, no braço e no pulso, no pescoço e na perna esquerda.

Logo após o ataque, o jornalista foi levado para o Hospital de Base, na região central da capital, onde passou por cirurgias. Pouco tempo depois, foi encaminhado para uma UTI, sendo transferido para um hospital particular da cidade.

Entenda quem é Gabriel Luiz


TV Globo se manifestou em relação ao ataque, lamentando a violência contra o jornalista Gabriel Luiz. (TV GLOBO/Reprodução)


Formado em jornalismo na Universidade de Brasília (UNB), Gabriel Luiz entrou para o grupo Globo como estagiário, em 2014.

Já em 2017, foi contratado como repórter do g1 DF, portal no qual esteve 2 anos, até 2019. Daí por diante, passou a integrar a equipe DF1, tendo como função a edição do jornal local da capital.

Gabriel possui a especialidade de reportagens investigativas, no qual apuram irregularidades nos mais variados setores de poder.

 

Foto em destaque: Segundo suspeito de esfaquear o jornalista Gabriel Luiz é preso. (Afonso Ferreira/TV GLOBO)