Tech

Segundo vazamento, Apple investe para melhorar bateria do iPhone 14

29 Jun 2022 - 17h16 | Atulizado em 29 Jun 2022 - 17h16
Segundo vazamento, Apple investe para melhorar bateria do iPhone 14

Quando se fala de smartphone mais conhecido do mundo, o primeiro nome a vir na cabeça é iPhone. O telefone da Apple bate recorde de vendas anualmente e ainda é procurado em suas versões mais antigas pela qualidade entregue pela empresa em seu produto principal de vendas. A Apple agora vem com um design inovador para o seu xodó que mais vende mundialmente. As especulações sobre o design do iPhone 14 vazaram alguns meses atrás, mas eram controversas. Podem, atualmente um novo vazamento veio a tona e deu o que falar sobre a nova duração do smartphone.

Divulgado por ShrimpApplePro, um membro da empresa, revelou em um novo post do Baidu o que poderia ser o novo compartimento de bateria para todos os novos modelos do iPhone 14.

Esta foi a primeira vez que as novas capacidades foram divulgada para a nova linha e, embora três modelos tenham recebido pequenos ajustes, uma queda no novo iPhone 14 Pro pode significar que investir em outra opção seja melhor.

Os dados separam as capacidades da bateria da seguinte forma:

iPhone 14 – 3.279 mAh (iPhone 13 – 3.227 mAh)

iPhone 14 Max – 4325 mAh (N/A)

iPhone 14 Pro – 3.200 mAh (iPhone 13 Pro – 3.095 mAh)


Modelo do iPhone 14 Pro e Pro Max sem o notch (Reprodução/Mundo Conectado)


A grande novidade virá nos grandes telefones e, de esses valores estiverem corretos, há grandes chances de que o novo iPhone 14 Max durar mais que o iPhone 14 Pro Max. O motivo para isso não é a diferença fracionária em suas capacidades de bateria, mas sim o propósito para o qual elas foram criadas. Os modelos do iPhone 14 Pro terão sensores de foto de 48 megapixels, que significa que terão um processamento de arquivos quatro vezes maiores que o sensor de 12MP incluso nós modelos padrões. Eles também devem vir acompanhados com mais RAM, o que significa maior desempenho, mas também maior consumo de bateria.

Ainda não se tem informações sobre a qualidade do novo chipset A16 exclusivo Pro e a nova memória RAM DDR5 podem compensar o consumo, mas com o iPhone 14 Max é especulado que seu preço fique US$ 300 (R$ 1571,22) menor, pode ser uma queda nos valores tentadora para quem está preocupado com os aumentos de preço do iPhone 14 Pro. O novo iPhone 14 Max também é um avanço notório em relação ao seu antecessor, o iPhone 13 Mini (2.406 mAh), para o qual a duração da bateria era extremamente pequena.

Com uma visão mais ampla, os pequenos aumentos de bateria para o resto da faixa também são algo a se notar. Depois de ficar pra trás por lançamentos da linha Android por várias gerações, a linha iPhone 13 foi um avanço à frente e havia uma luz no fim do túnel de que a Apple iria estender sua liderança contra a concorrência, tendo em vista o sucesso dos MacBooks baseados em M1 à frente da duração da bateria, entregue por dúvida baseados em AMD e Intel. Essa estratégia seria uma aposta interessante. Desde o lançamento do iPhone 6 Plus em 2014, o maior e mais caro modelo da Apple sempre teve uma ótima duração de bateria. Isso agora parece estar sob séria ameaça e torna o iPhone 14 Max muito mais chamativo. Além disso, com os modelos Pro definidos para abandonar o Lightning para USB-C em 2023, pular os modelos do iPhone 14 pro em 2022 pode ser a opção mais racional.

 

Foto em destaque: Modelos do iPhone 14 (Reprodução/Mundo Conectado)