Celebridades

Sharon Stone relata ameaças de demissão por não querer trabalhar com pessoas não vacinadas contra Covid-19

30 Jul 2021 - 22h28 | Atulizado em 30 Jul 2021 - 22h28
Sharon Stone relata ameaças de demissão por não querer trabalhar com pessoas não vacinadas contra Covid-19

A atriz Sharon Stone, deu uma declaração para a campanha do ator Matthew Modine para a eleição do SAG-AFTRA (sindicato dos atores dos Estados Unidos), onde afirma que foi ameaçada de demissão de uma nova produção onde está envolvida por colocar como condição de trabalho somente com pessoas que foram devidamente vacinadas contra a covid-19 e desabafa sobre a perda de plano de saúde.


 Atriz de Hollyhood Sharon Stone. (Reprodução / Instagram.)


"Recebi uma oferta de trabalho. Um bom trabalho que realmente quero fazer em Atlanta. Meu cabelo está arrepiado porque o Sindicato dos Produtores da América não garante que todos em nosso programa sejam vacinados antes de eu ir para o trabalho. Vou trabalhar antes que todos no meu projeto sejam vacinados? Não. Não, não vou. Estou sendo ameaçada de perder meu emprego? Sim. Sim, eu estou. Poderia perder meu emprego se nem todos forem vacinados no meu programa? Sim. Sim, eu poderia. Irei defender todos nós para que cada série que passemos seja vacinada? Sim. Sim, eu vou. Por quê? Por que isso é ridículo, que tenhamos que ir trabalhar onde não somos seguros. Estou defendendo todos nós quando eu que a Screen Actors Guild - para a qual estarei trabalhando com a Membership First - estará segura para que possamos trabalhar…”, declarou a estrela de Hollywood.

Pamella Holanda comemora nova lei contra violência psicológica: ‘Uma conquista de todas nós’

Advogados de DJ Ivis explicam confusão com o STF: ‘A OAB será acionada para apurar tais condutas’

Kevin Feige se mostra desapontado com desempenho de 'Viúva Negra' nas bilheterias

O plano de saúde do sindicato instituiu novos requisitos para os membros conseguirem adquiri-los alegando que as novas medidas devem-se aos novos déficits e que foi necessária para o plano continuar funcionando.  A atriz de 63 anos contou que perdeu o plano de saúde adquirido após 43 anos de trabalho porque ficou R$ 66 abaixo da qualificação. "Como atores, você sabe, as coisas não estão indo bem para nós. Eu não acho que você precisa que eu diga isso. Quer dizer, perdi meu seguro adquirido após 43 anos de profissão por causa da covid. Faltaram US$ 13 e, você sabe, eu realmente não acho que isso seja razoável para qualquer um de nós", reclamou Stone do valor que é um dos novos requisitos do plano de saúde.

(Foto destaque: Sharon Stone relata correção de demissão e perda de plano de saúde. Reprodução / Instagram)

Mais Lidas