Tech

Skins são os itens mais vendidos em jogos da atualidade

10 Mar 2022 - 18h03 | Atulizado em 10 Mar 2022 - 18h03
Skins são os itens mais vendidos em jogos da atualidade

Uma das febres que vem tomando espaço no mercado de games é a venda de skins, em outras palavras, uma roupa diferente para um personagem usado em jogo ou para algum equipamento, como uma arma ou veículo. Mas por que isso vem se tornando tão famoso e sendo cada vez mais famoso no meio gamer?


Foto de capa do jogo Call of Duty (Reprodução/Actvision).


Segundo a Nimo TV, uma empresa de live stream(transmissão ao vivo), fez um levantamento encomendados pela Forbes Brasil sobre esses dados. A pesquisa mostrar que 42% dos gamers compram skin regularmente contra 58% que não compram. De 61% que compram os itens virtuais, é dito que são gastos R$ 30,00, já 39% dizem que gastam mais do que essa média. Sobre a importância dos itens adquiridos, os entrevistados disseram que deixa o personagem mais bonito, único, que influencia a vontade de jogar e que permite ter uma conta pra ser vendida.

Alguns dos jogos que mais lucram com esse tipo de venda são: Fortnite, Free Fire, Roblox, League of Legends e Call of Duty: Warzone, tendo o último com uma estréia mais recente, em 10 de março de 2020, mas não perdendo nada na lista de conteúdo vendido. Em um depoimento, Rodrigo Russano Dias, Head de PR e Social Media da Nimo TV do Brasil fez o seguinte comentário: “A skin pode falar muito sobre o jogador que a está usando. Além do visual diferenciado, ela pode passar uma mensagem, desde algo de valor cultural a autoridade dentro do jogo. É uma forma de expressão bem forte dentro do universo gamer e que mostra uma identidade única para cada player”. É estimado que o valor movimentado anualmente com esse tipo de venda é maior que USS 50 bilhões.


Foto do lobbydo jogo Fortnite.(Reprodução/Epic Games)


Maior parte dos gamers não entendem como funciona o NFT

 

Uma outra novidade que vem crescendo e também se encaixa muito bem na modalidade de vendas em jogos são os NFTs, conhecidos também como P2E(play to earn), esse tipo de jogo te faz pagamentos conforme você o joga. Pensando assim, isso não tiraria a ideia de comprar cosméticos em jogos? A resposta é não. Isso porque conforme você joga e ganha dinheiro, é necessário gastar para conseguir equipamentos melhores dentro do jogo, fazendo assim com que você invista mais em compras de cosméticos virtuais para obter resultados melhores.

Entretanto, foi visto que 56% dos gamers brasileiros não entendem de forma clara como esse tipo de jogo funciona.

 

Foto de destaque: Jogo League of Legends: Wild Rift. (Reprodução/RiotGames)