Cinema/TV

Star Wars: Rogue Squadron é suspenso por diferenças criativas na direção

16 Nov 2021 - 16h10 | Atulizado em 16 Nov 2021 - 16h10
Star Wars: Rogue Squadron é suspenso por diferenças criativas na direção

Após a notícia de que a produção do longa ‘Star Wars: Rogue Squadron’, com direção de Patty Jenkins, tinha sido adiada por tempo indeterminado, a produtora Lucasfilm decidiu paralisar de vez o trabalho por diferenças criativas, segundo o jornalista Matthew Belloni.

Belloni, ex-editor do The Hollywood Reporter, publicou um artigo contando que, segundo fontes, a diretora Patty Jenkins e a produtora Lucasfilm não estavam conseguindo chegar em um acordo na produção do longa. Conflitos entre os executivos e Jenkins em relação ao roteiro teriam feito com que decidissem não dar continuidade ao trabalho.

LEIA MAIS


 

Diretora e roteirista de cinema Patty Jenkins (Foto:Reprodução/Twitter)


Jenkins teria se frustrado com a falta de gestão existente no estúdio e optou por procurar outras oportunidades enquanto os executivos lidam com os problemas internos da empresa.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Ridley-Scott-critica-filmes-de-herois-Os-roteiros-sao-um-lixo

https://inmagazine.ig.com.br/post/Bruna-Marquezine-revela-que-fez-teste-para-interpretar-a-Supergirl-no-filme-The-Flash

https://inmagazine.ig.com.br/post/Eternos-cena-polemica-sobre-bomba-no-Japao-e-defendida-por-roteirista

”Isso não é incomum, é claro, mas é um problema recorrente na Lucasfilm sob comando de Kathleen Kennedy: Os principais diretores da indústria ficam loucos e empolgados para fazer um filme de Star Wars — até que eles assinam e experimentam o processo de microgestão de um comitê,” contou Jenkins.

“Aconteceu com David Benioff e Dan Weiss, que foram contratados para criar uma nova trilogia, mas desistiram. Também aconteceu com Rian Johnson, roteirista e diretor de Os Últimos Jedi, cuja própria trilogia foi engavetada. Jenkins não estava disposta a entrar nesse jogo, e ela tem outros projetos, especialmente ‎‎Mulher Maravilha 3‎‎ na Warner Bros., onde desfruta de mais liberdade criativa,” concluiu a diretora.


Patty Jenkins e Gal Gadot nas filmagens de Mulher-Maravilha (Foto:Reprodução/Twitter)


De acordo com o Insider, esse problema acontece frequentemente com a empresa. A microgestão da produtora já teria causado conflitos com outros diretores como Rian Johnson (Star Wars: Os Últimos Jedi), David Benioff e Dan Weiss (Game of Thrones), fazendo com que projetos fossem engavetados.

A direção de Jenkins em ‘Star Wars: Rogue Squadron’ foi revelada no evento Dia dos Investidores da Disney, transmitido em dezembro de 2020. Ela seria a primeira mulher a dirigir um filme da saga Star Wars, mas com esses últimos acontecimentos, o envolvimento de Jenkins no longa não é mais garantido.

Foto: Reprodução/Twitter