Notícias

Starbucks pretende deixar de produzir seus icônicos copos para seguir políticas de sustentabilidade

18 Mar 2022 - 12h00 | Atulizado em 18 Mar 2022 - 12h00
Starbucks pretende deixar de produzir seus icônicos copos para seguir políticas de sustentabilidade

O grande símbolo da rede Starbucks, os famosos copos de papéis brancos com a logo verde poderão deixar de existir. O projeto visa as políticas de sustentabilidade da empresa, que pretende trocar os copos descartáveis por canecas de vidro ou até mesmo canecas dos próprios clientes até 2025.

A marca não garante que deixará de produzir os copos de papel, mas pretende tornar uma opção menos atraente para o cliente. Porém, a empresa sabe que será um grande desafio, pois sabe que a maior parte dos clientes está acostumada a opção de uso único.

LEIA MAIS

O plano da Stabucks

Para começar a eliminar os descartáveis a Starbucks considera um programa amplo de empréstimo de um copo em que os clientes pagam um depósito por um copo durável que podem levar com eles e devolvê-los após usarem.

Nosso copo é onipresente e adoramos isso. Mas também é o símbolo de uma sociedade descartável", disse o diretor de sustentabilidade da Starbucks, Michael Kobori, em entrevista à CNN reportada pela Entrepreneur.

A vice-presidente de experiência de produtos, Amelia Landers, cuja a equipe é responsável por embalagens mais sustentáveis, espera que esse modelo seja mais atrativo aos clientes que outras tentativas sustentáveis.

Ano passado em Seatle (EUA), a Starbucks testou uma versão deste modelo de programa. Neste teste de produto, o cliente pagava US$ 1 para um copo reciclável e teriam de devolver o copo a uma lixeira inteligente localizada nas lojas Starbucks para receberem o dólar de volta. Além disso, os clientes também recebiam outras recompensas por usarem este novo copo.


Lojas em Seatle testaram um novo modelo de copos (Foto: Reprodução/TripAdvisor)

Uma das administradoras de uma das lojas onde foi testado o produto disse que os clientes ficaram curiosos sobre a lixeira e muitos gostaram do conceito sustentável. “A empolgação e o engajamento foram altos entre os clientes e funcionários”, disse ela.

A Starbucks está executando programas pilotos semelhantes no Japão, Singapura e Reino Unido.

 

Foto Destaque: Reprodução/Metrópoles

Mais Lidas