Cinema/TV

Sucesso de Heartstopper faz jovens se sentirem representados

24 Abr 2022 - 18h05 | Atulizado em 24 Abr 2022 - 18h05
Sucesso de Heartstopper faz jovens se sentirem representados

Foi lançada nesta sexta-feira (22) a primeira temporada da série Heartstopper na Netflix. A História é uma adaptação do primeiro livro da autora Alice Oceman e conta com mais outros 3 livros dando continuidade ao universo. 



O casal Charlie Spring e Nick Nelson conquistaram o público e a série está no Top 10 de lançamentos da Netflix em 64 países. O Enredo é repleto de representatividade LGBTQIAP+ e os assuntos como: Descobertas, Transição, Amizade, Preconceito, Romance e todos os conflitos internos que adolescentes passam são abordados de forma leve e acolhedora ao longo dos episódios para todos os jovens sentirem que não estão sozinhos. 


Pôster da série Heartstopper. (Foto: Reprodução/heartstoppertv)


Além de representatividade nas telas, a produção foi cuidadosa e detalhista na convocação da atriz e mulher trans Yasmin Finney para interpretar Elle Argent, uma jovem mulher trans entre os personagens principais.


Post de Yasmin Finney em seu Instagram (Foto: Reprodução/Instagram)


Desde seu lançamento em apenas poucos dias, fãs antigos e quem descobriu sobre os livros por meio da série já pedem pela renovação para outra temporada. E autora reforça a ideia: 

“Provavelmente seriam quatro temporadas para cobrir a história completa. Eu não fiz nenhum planejamento detalhado, mas é fácil dividir os livros em temporadas e 4 dariam certo.” 



Para quem se interessar, o trailer está disponível no canal do YouTube da Netflix Brasil e conta com 183 mil visualizações em apenas 11 dias de postagem.

Foto destaque: Reprodução/heartstoppertv

Mais Lidas