Esportes

Sylvinho é demitido do Corinthians após derrota para o Santos

03 Fev 2022 - 15h04 | Atulizado em 03 Fev 2022 - 15h04
Sylvinho é demitido do Corinthians após derrota para o Santos

Sylvinho não é mais treinador do Corinthians, a informação veio na madrugada desta quinta-feira, mas a decisão foi tomada ainda no vestiário do estádio. O treinador nunca viveu um momento de paz com a fiel corintiana, sem conseguir colocar suas idéias em prática. O Corinthians de Sylvinho não convenceu a torcida e nem a diretoria corintiana que apostou no treinador.

O presidente Duilio Monteiro falou sobre a demissão de Sylvinho em comunicado na sala de imprensa, Diulio afirmou que a saída do treinador acontece para corrigir um erro na rota, e revelou já existir uma reunião nesta quinta-feira para decidir quem será o novo técnico.


Sylvinho foi demitido do Corinthians após derrota para o Santos (Foto: Reprodução/LC Moreira / Estadão)


A idéia do presidente do Corinthians era manter Sylvinho no cargo por mais alguns meses para avaliar melhor o trabalho do treinador, mas a pressão externa criada pela torcida forçou Diulio a tomar a decisão de demitir o técnico, Sylvinho foi vaiado antes, durante e após a partida, já não havia clima para a permanência do treinador.

Sylvinho ao todo teve 43 partidas a frente do Corinthians, com 16 vitórias, 14 empates e 13 derrotas. Um aproveitamento de 48%. Foram 42 gols marcados e 40 sofridos, outra marca bem ruim no comando do time.

O Corinthians agora volta as suas atenções na busca de um novo treinador para a equipe, o planejamento da diretoria é contratar o novo técnico bem antes de abril, quando o timão estreia na fase de grupos da Libertadores. O nome mais desejado pela torcida é Jorge Jesus, português que comandou o Flamengo em 2019, foi demitido do Benfica no fim do ano passado e está sem clube. A diretoria corintiana considera o treinador muito caro e a chegada de Jesus dependeria de um aporte financeiro de patrocinadores.

Outro ex-treinador do Flamengo que está na lista do timão é Renato Gaúcho, o técnico já foi procurado pelo Corinthians no passado antes de Sylvinho assumir o time, mas recusou o convite na época. Por conta dessa recusa no passado, a diretoria do Corinthians considera difícil abrir uma nova rodada de negociações com o treinador, apesar da relação profissional, parte da diretoria corintiana ainda guarda mágoa do "não" que recebeu de Renato.

Outros técnicos entraram na lista do Corinthians, mas foram logo descartados, é o caso de Mano Meneses e Cuca, o nome de ambos treinadores não agradaram e logo foram cortados pela diretoria, agora resta saber quem será o principal alvo do timão para assumir o comando da equipe em 2022.

Foto Destaque: Sylvinho no comando do Corinthians  Reprodução/Marcos Ribolli