Esportes

Tandara, do vôlei feminino, está fora das Olimpíadas por suspeita de doping

06 Ago 2021 - 09h12 | Atulizado em 06 Ago 2021 - 09h12
Tandara, do vôlei feminino, está fora das Olimpíadas por suspeita de doping

A seleção brasileira de vôlei feminino sofreu grande baque horas antes da semifinal contra a Coréia do Sul. O Brasil terá um um grande desfalque para a fase final dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Na noite desta quinta-feira (5) (manhã de sexta na capital do Japão), o Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou a suspensão provisória da oposta Tandara. Segundo o comunicado, a atleta cometeu "potencial violação da regra antidopagem" em exame realizado dia 7 de julho, quando a seleção ainda estava no centro de treinamento da CBV em Saquarema.

 


Tandara em ação nas Olimpíadas de Tóquio - Valentyn Ogirenko/Reuters

Tandara em ação nas Olimpíadas de Tóquio (Foto: Reprodução/Valentyn Ogirenko/Reuters)


https://lorena.r7.com/post/Bomba-Lionel-Messi-nao-e-mais-jogador-do-Barcelona

 

https://lorena.r7.com/post/Medalhista-de-prata-desafiou-proibicao-do-Comite-Olimpico-Internacional

 

https://lorena.r7.com/post/Brasil-garante-19-medalhas-e-iguala-feito-historico-em-Olimpiadas


Tandara volta para o Brasil ainda nesta sexta-feira (7). Logo mais, às 9h, a seleção brasileira enfrenta a Coreia do Sul valendo uma vaga na final das Olimpíadas de Tóquio 2020. Quem vencer o confronto pegará Estados Unidos, que venceu o Japão na madrugada de quinta para sexta.

 

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) não comunicou qual teria sido o tipo de violação cometido pela atleta e nem se foi encontrada alguma substância proibida no exame da jogadora. A entidade apenas disse que recebeu uma notificação da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) na última madrugada.

 

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), por sua vez, lamentou o fato, confirmando também ter recebido a notificação da ABCD a respeito de uma potencial violação do exame antidoping de Tandara. A entidade disse ainda que "aguarda os resultados dos trâmites processuais, cujo conteúdo é de caráter particular da atleta e confidencial".

 

A seleção brasileira não corre riscos de sofrer punições por conta da suspensão de Tandara. A regra diz que em esportes coletivos, o país somente será  punido no caso de três atletas ou mais forem flagradas no exame antidoping. Como o exame de Tandara foi feito em período fora de competições, não existe a possibilidade de punição à seleção.

 


Tandara foi suspensa por potencial violação de regra antidopagem - Wander Roberto/COB/Divulgação

Tandara foi suspensa por potencial violação de regra antidopagem (Foto: Reprodução/Wander Roberto/COB/Divulgação)



Vale lembrar que o exame de Tandara foi feito no dia 7 de julho, quando a jogadora estava concentrada com o restante da seleção no Centro de Treinamento da CBV, em Saquarema. Ou seja, fora do período de confirmação oficial. Toda as outras atletas se apresentaram dois dias antes e foram testadas.

 

Confira na íntegra nota oficial do COB:

 

"O Comitê Olímpico do Brasil recebeu nesta madrugada no Japão, através da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), a notificação quanto à suspensão provisória por potencial violação de regra antidopagem pela atleta Tandara Caixeta, da seleção feminina de voleibol. O teste foi realizado no período fora de competição no centro de treinamento da modalidade em Saquarema no dia 7 de julho. Tandara retornará ao Brasil.


A equipe feminina de voleibol disputa a partida semifinal dos Jogos Olímpicos contra a Coréia do Sul esta noite, 8/8, às 21h (Japão)."

 

Confira na íntegra nota oficial da CBV:

 

"A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) recebeu, na noite desta quinta-feira (05.08), no horário do Brasil, notificação da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) quanto à suspensão provisória por potencial violação de regra antidopagem pela oposta Tandara, da seleção brasileira feminina.



A CBV lamenta que a atleta, campeã olímpica e uma das principais referências da equipe brasileira, atravesse este momento, e aguarda os resultados dos trâmites processuais, cujo conteúdo é de caráter particular da atleta e confidencial.

 

A seleção feminina entrará em quadra nesta sexta-feira (06.08), às 9h (Horário de Brasília), para a disputa da semifinal contra a Coreia do Sul. No Japão, o grupo já vive o dia da partida decisiva."

 

 

 

(Foto destaque: Tandara, do vôlei feminino, está fora das Olimpíadas por suspeita de doping. Reprodução/FIVB)