Celebridades

Tati Zaqui entra para o time dos famosos que vendem nudes na Web

03 Mar 2022 - 20h04 | Atulizado em 03 Mar 2022 - 20h04
Tati Zaqui entra para o time dos famosos que vendem nudes na Web

Tati Zaqui é mais uma famosa a entrar no Privacy, plataforma de conteúdo adulto e a passar a vender nudes para quem quiser, basta ser maior de idade. A funkeira mais ousada do Instagram anunciou nesta quinta-feira que estreará no site nesta sexta, 3 de março, com seus conteúdos exclusivos e completamente nua.

"Vai ter tudo, porque sensual eu já sou aqui no Instagram. Um conteúdo por dia, durante todo o mês", avisa ela, que posou nua na "Playboy" em 2015.


Tati Zaqui (Foto: Reprodução/ Instagram)


Quem tiver interesse em ver Tati Zaqui em fotos ou vídeos como veio ao mundo, basta desembolsar R$ 79,90 mensais para ter acesso a todo o conteúdo. Tem também pacotes de três ou seis meses de assinatura. A funkeira promete ser ainda mais provocante que no Instagram.


Chamada da Tati Zaqui para o Privacy (Vídeo: Reprodução/ Instagram)


Tem Tati Zaqui para todos os públicos. Assumidamente bissexual, Tatiane Zaqui Ferreira da Silva, mais conhecida como Tati Zaqui, está livre, leve, solta e não tem vergonha de falar sobre paquera, namoro ou sexo. Gostar tanto de meninos quanto de meninas facilitou sua vida amorosa.

A funkeira dona de grandes hits como "Parará Tibum" e "Água na Boca", fala da vantagem de ser um livro aberto: “Antes, quando eu olhava para uma menina, ela demorava para entender o que eu queria. Agora, as meninas já sabem que estou olhando por algum motivo [risos]”, disse a MC.

A funkeira LGBTQIA+ não pensa em se reservar em nenhum aspecto:

“Sinceramente, hoje em dia, não tenho mais segredos. Já mostrei tudo o que sou. Não tenho medo de falar o que sou e quem sou. Acho que as pessoas tem que aceitar como sou. Essa transparência toda não me afeta em nada. Claro, tem gente que é do contra e fala mal, mas não me importo.”


Tati Zaqui (Foto: Reprodução/ Instagram)


A música 'Parará Tibum' gerou muita polêmica com a Disney, e a MC ficou impedida de cantar um de seus maiores sucessos, e quer fazer hit para o público LGBTQIA+:

“Olha, fiquei feliz porque a música me ajudou a criar um nome. Com ela, fui para o Carnaval de Salvador, o que é muito difícil para um Mc fazer. E fiquei triste de não poder cantar mais... É uma música que o Brasil inteiro ama. Mas foi decidido e nem tenho o que falar. Agora é bola para frente.” “Pretendo lançar um hit voltado para o público GLS. São pessoas que vão em peso para meus shows. Escrevo muito no meu caderno sobre isso. Mas a música ainda não tem nome. Nunca dou nome para minhas canções no começo.”

 

Foto destaque: Reprodução/ Instagram