Tech

Tesla terá de prestar esclarecimentos após carro pegar fogo no Canadá

30 Mai 2022 - 18h30 | Atulizado em 30 Mai 2022 - 18h30
Tesla terá de prestar esclarecimentos após carro pegar fogo no Canadá

A NHTSA (Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário dos Estados Unidos disse na última quinta feira (26), que enviou para a Tesla um pedido de esclarecimento sobre o incêndio em um veículo do modelo Model U em 2021, na cidade canadense de Vancouver. Na época o motorista relatou dificuldades para sair do veículo em chamas.

A NHTSA disse que está ciente do ocorrido e espera o mais breve possível um esclarecimento por parte da montadora americana sobre o caso.


Incidente envolvendo carro da Tesla está sendo investigado por autoridades americanas (Foto:Reprodução/Facebook)


O incidente ocorreu no último dia 20, quando motorista parou o carro no sinal de trânsito e o carro começou a pegar fogo. Após o incêndio ser iniciado, o carro perdeu energia para todos os tipos de componentes eletrônicos, o que inclui o sistema normal de abertura e fechamento de portas e janelas.

O motorista Jamil Jutha só conseguiu sair do carro a tempo depois de chutar a janela do carro até que ela se soltasse e conseguisse pular para fora.

O site Electrek, especializado em transportes eletrônicos, postou um vídeo do incidente com Jamil Jutha dizendo que, antes de o carro começar a pegar fogo, recebeu uma notificação de erro.

Este não é o primeiro incidente envolvendo carros fabricados pela Tesla. No ano de 2021, o governo dos Estados Unidos iniciou uma investigação sobre o sistema de assistência ao motorista da empresa, chamado de Autopilot, após ser registrado uma série de colisões com veículos de emergência estacionados.

Em abril de 2021, um carro da Tesla se envolveu em um acidente no estado americano do Texas e causou a morte de duas pessoas que estavam no seu interior. Segundo as autoridades americanas, o carro devia estar no piloto automático, já que um corpo estava no banco do carona e o outro estava nos bancos traseiros.

Foto destaque: Carros da Tesla Reprodução/IstoÉ