Celebridades

Thiaguinho entra com processo contra ex empresário e alega roubo de R$ 9 milhões

23 Dez 2021 - 22h30 | Atulizado em 23 Dez 2021 - 22h30
Thiaguinho entra com processo contra ex empresário e alega roubo de R$ 9 milhões

Thiaguinho fez um boletim de ocorrência acusando seu ex empresário Bruno Azevedo de estelionato e lavagem de dinheiro. No BO ele acusa Bruno Azevedo de transferir cerca de R$9 milhões para conta pessoal do empresário entre os anos de 2016 e 2021.


Uma parceria entre amigos que teria durado quase 5 anos cercada de estelionato e lavagem de dinheiro. O pagodeiro também move uma ação judicial contra o empresário na justiça segundo informações da colunista Fabia Oliveira. De acordo com Thiaguinho, o empresário recebia por mês $31.250 mensais com direito a bônus com valores invariáveis através de trabalhos feitos pelo cantor,e além das quantias recebidas através de uma parceria nas duas empresas de Thiaguinho que são: 'a Paz & Bem e Thiago' e a 'Híbrido'. Azevedo era administrador das duas empresas ao lado do pagodeiro. 


Thiaguinho (Foto: Reprodução/Instagram)


A desconfiança veio quando Bruno comprou um avião de R$29 milhões e outros artigos luxuosos como carros da última geração. 

O cantor chegou a notar constantes movimentações financeiras na conta da empresa "Paz Bem e Thiago" que seriam destinados a aplicações financeiras. Houve  também movimentações com nome de 'THAtiva' nas contas bancárias feitos supostamente pela Híbrido. Somando todas as movimentações chega aproximadamente ao valor de $10 milhões. 

Já Bruno Azevedo acusa Thiaguinho de ter lhe dado calote através da empresa "Híbrido" uma vez que o cantor não repassava o lucro conquistado pela empresa ao parceiro.
O advogado do cantor pediu o bloqueio da conta de Azevedo entretanto a justiça não acatou tal pedido. 

Thiaguinho alegou que Bruno apresentava um comportamento agressivo e mentiroso, prejudicando sua carreira musical durante a parceria deles, inclusive o ex empresário teria mandado o cantor desfazer parceria com a gravadora som livre.
Azevedo também teria espalhado mentiras para a revista Forbes que não condizem com a realidade, dizendo que o patrimônio de Thiaguinho era grandioso e incontável uma vez que o cantor tem um patrimônio mas não tão gigantesco. 

Segundo o advogado Ary bergher, defensor de Bruno Azevedo, revelou que um grupo de contabilidade está fazendo as contas de todos os lucros da empresa no período que Azevedo estava no comando. A intenção é provar e mostrar para a Polícia Federal que o cantor está redondamente enganado e fazendo acusação grave contra seu cliente. 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Babu-comenta-sobre-polemica-entre-Tiago-Leifert-e-Icaro-Silva 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Bruno-Cabrerizo-interpreta-texto-de-despedida-apos-terminar-com-Carol-Castro 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Marcos-Mion-chora-e-agradece-em-video-Estrada-de-terra-e-muita-gratidao-no-coracao 


O advogado ainda confirmou que o ex empresário pretende entrar com uma ação contra o ex marido de Fernanda Souza por difamação caluniosa.

Foto destaque: Thiaguinho. Reprodução/Instagram