Esportes

Torcidas organizadas do Flamengo protestam, no Centro de Treinamento Ninho do Urubu

08 Abr 2022 - 16h35 | Atulizado em 08 Abr 2022 - 16h35
Torcidas organizadas do Flamengo protestam, no Centro de Treinamento Ninho do Urubu

Nesta sexta-feira (08), o Centro de Treinamento do Flamengo amanheceu com confusão. Dezenas de torcedores apareceram para protestar contra jogadores e dirigentes do rubro-negro. A torcida já estava insatisfeita com o futebol apresentado pela equipe e a derrota na final do Campeonato Carioca para o Fluminense agravou a situação. Os mais cobrados foram os atletas Diego Ribas, Diego Alves e Willian Arão, que tiveram seus rostos estampados em caixões de papelão; além do dirigente Marcos Braz, que também foi bastante criticado. 

Apesar de estrear com vitória na Copa Libertadores, na última terça-feira (05), os torcedores protestam após diversas notícias de formação de panelas dentro do elenco, que estariam tumultuando o ambiente e minando o técnico Paulo Sousa. Durante o protesto os torcedores impediam a passagem dos carros dos atletas e um deles chegou a subir no carro de um dos jogadores, apesar disso, alguns deles foram poupados, o volante João Gomes foi aplaudido pelos torcedores presentes e o uruguaio Arrascaeta recebeu carinho de um dos diversos torcedores. 


Arrascaeta recebe carinho dos torcedores (Foto: Reprodução/[email protected])


Mesmo com seguranças presentes, a polícia foi acionada e precisou usar gás de pimenta quando os ânimos esquentaram. Algumas imagens gravadas pelas pessoas presentes, captaram o momento que um policial desfere um tapa em um torcedor. 


Momento em que o torcedor recebe um tapa do policial (Foto: Reprodução/[email protected]_info)


Apesar de todas as confusões e a semana conturbada, o time rubro-negro estreia amanhã (09) pelo Campeonato Brasileiro contra a equipe do Atlético-Goianiense, às 19h. 

 

Foto Destaque: Reprodução/Istoé