Notícias

Trens da Supervia circulam parcialmente após paralização

28 Mar 2022 - 17h29 | Atulizado em 28 Mar 2022 - 17h29
Trens da Supervia circulam parcialmente após paralização

Na manhã desta segunda-feira (28), passageiros foram surpreendidos ao chegar às estações do ramal Japeri e Santa Cruz e dar de cara com o aviso sobre a paralização dos trens. Por causa de furtos de cabos em quatro diferentes pontos do ramal Japeri, os intervalos estavam irregulares, e a sinalização dos trens estava sendo feita via rádio, fator que gerou revolta nos passageiros.

De acordo com a Supervia, por volta das 8h15 da manhã, foi necessária a suspenção da circulação dos trens dos ramais Santa Cruz e Japeri devido ao acesso indevido de passageiros na via férrea, a concessionária afirma ainda que houve vandalismo por parte de alguns passageiros contra portas e janelas de trens.

Foi acionado a GFer (Grupamento de Policiamento Ferroviário) na tentativa de conter os manifestantes e retornar a circulação dos trem, Além da polícia militar e o corpo de bombeiros.

A manifestação contra a precariedade do sistema ferroviário do Rio aconteceu na estação Deodoro, onde passa trens das três linhas afetadas. Os demais ramais (Belford Roxo, Gramacho/Saracuruna, Guapimirim e Vila Inhomirim) operam normalmente.


As 13h26 da tarde a concessionária divulgou em suas redes sociais que a circulação e os intervalos estão e processo de normalização, e que as estações voltaram a ficar abertas para embarque e desembarque dos passageiros. O ramal japeri opera até a estação Nova Iguaçu, enquando o Paracambi se encontra temporariamente suspenso.



Problemas recorrentes que afetam a vida da população Fluminense

Os passageiros fartos de toda semana ter atrasos e paralizações dos trens. No Twitter, muitos protestaram sobre as perdas do dia graças a paralização do trens.


‘’A manhã inteira sem trem. perdi aula por conta de vocês. eu espero que acabe. espero que acabem com as estações, os trens, a empresa.. O serviço de vocês é vergonhoso, parece até que estamos implorando por um favor. ‘’ relatou uma usuária dos trens.


Outro usuário relatou que perdeu o emprego

Acabei de perder meu emprego por causa da pouca vergonha de vocês. Falta de compromisso com a população carioca, vergonha!


Esses relatos são constantes, praticamente todos os dias os trens param por algum motivo, ou operam com intervalos irregulares. Entre janeiro e fevereiro deste ano foram registradas 220 ocorrências de furtos de cabos da rede, contabilizando 10 mil metros de cabos furtados, um aumento de 268% em relação no mesmo período em 2021.

 

Foto destaque: Trens da Supervia. Reprodução/G1

Mais Lidas