Esportes

UFC: Covington provoca Chimaev sobre possível luta

26 Nov 2021 - 18h04 | Atulizado em 26 Nov 2021 - 18h04
UFC: Covington provoca Chimaev sobre possível luta

Disposto a provar que merece trilogia contra Kamaru Usman, lutador americano se diz aberto a enfrentar checheno sensação do UFC e diz que ele precisa vencer alguém de valor.

O peso-meio-médio Colby Covington acredita que venceu sua revanche contra Kamaru Usman pelo cinturão no UFC 268, no início do mês, mas já aceitou que não tem como mudar a decisão unânime dos juízes a favor do adversário. Por isso, ele está disposto a enfrentar qualquer um para provar que merece uma terceira chance contra o campeão. Isso inclui o checheno Khamzat Chimaev, que, apesar de ter apenas quatro lutas no Ultimate, já é considerado um futuro campeão.

“Ele é uma piada. Ele precisa vencer alguém de valor, alguém no top 5, no topo do ranking, não só caras escolhidos a dedo. Ele tem o que, quatro lutas no UFC? A mídia adora apressar esses caras e fazer hype. Isto é luta. Pessoas podem se machucar seriamente se forem apressadas assim “, disse o lutador apelidado de "Chaos" ao site "MMA Fighting".


Covington e Chimaev. (Foto:Reprodução/Twitter).


Chimaev é o 11º colocado do ranking no meio-médio, enquanto Covington é o número 1. Mas o americano já deu suas cutucadas no lutador checheno antes mesmo de enfrentar Usman: na semana da revanche, ele zombou da difícil recuperação de Chimaev após contrair Covid-19, chamando a doença de "gripezinha".

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Formiga-se-despede-da-selecao-brasileira-e-deixa-legado

https://inmagazine.ig.com.br/post/Tres-anos-apos-aposentadoria-Jefferson-segue-com-vida-longe-do-futebol

https://inmagazine.ig.com.br/post/CBF-contratara-observadores-na-Europa-para-monitorar-possiveis-rivais-da-selecao-brasileira-na-Copa


“Esta é a geração da esmola, e a geração do troféu de participação. Esse cara não é nada além de um ganhador de troféu de participação, ganhador de esmola, e se é isso que eles querem fazer, que seja. Eu não olho para o que os outros estão fazendo, ou o que recebem de presente. Conheço minha jornada. Sei o que foi preciso para chegar aqui. Peguei o caminho mais lonho, não peguei atalhos.”, afirma Covington.

 

Foto destaque: Colby Conington lutador americano. Reprodução/Twitter.