Notícias

Última parcela do mês do Auxílio Brasil é paga nesta sexta; veja quem tem o benefício liberado

29 Abr 2022 - 13h00 | Atulizado em 29 Abr 2022 - 13h00
Última parcela do mês do Auxílio Brasil é paga nesta sexta; veja quem tem o benefício liberado

Será liberado nesta sexta-feira (29) a parcela referente a abril do Auxílio Brasil, para beneficiários que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) com final 0. Com este grupo estarão encerrados os pagamentos deste mês iniciados no último dia 14. Já os pagamentos de maio, referentes ao auxílio, começarão a ser liberados entre dias 18 e 31.

O Auxílio Brasil manteve as datas para depositar como do Bolsa Família, funcionando de acordo com o fim do Número de Inscrição Social (NIS). Para o mês de abril estão previstas 18,06 milhões de famílias atendidas com o programa, que vai totalizar um recurso do governo de R$ 7,4 bilhões


Auxílio Brasil está em vigor desde 2021 após o pagamento da parcela do Auxílio Emergencial (Foto:Reprodução/CNN)


Veja o calendário de pagamento do Auxílio Brasil 2022 

MÊS DE ABRIL

Final do NIS 1: 14/04

Final do NIS 2: 18/04

Final do NIS 3: 19/04

Final do NIS 4: 20/04

Final do NIS 5: 22/04

Final do NIS 6: 25/04

Final do NIS 7: 26/04

Final do NIS 8: 27/04

Final do NIS 9: 28/04

Final do NIS 0: 29/04

 

Como se inscrever?

O critério para inscrição do Auxílio Brasil segue os mesmos do Bolsa Família, onde deverá ser realizado nos municípios. Somente famílias com renda per capita de até R$ 105 no mês ou caso tenham alguma gestante entre os familiares a renda familiar deverá ser de até R$ 210.

Caso você já seja beneficiário do Bolsa Família será repassado o valor do novo auxílio automaticamente.

Se está no CadÚnico, mas não recebia o Bolsa Família: vai para a lista de reserva, e pode ser incluído para receber o Auxílio Brasil.

Se não está no CadÚnico: é preciso buscar um Cras para registro, sem garantia de receber. 

Podem ser consultadas as informações sobre o benefício no aplicativo Caixa Tem e no aplicativo Auxílio Brasil, como saldo e pagamento de parcelas. O beneficiário pode ligar também para o número do Ministério da Cidadania, 121, para saber se tem direito ao auxílio e para consultar que valor poderá receber.

Foto Destaque: Reprodução/DiariodoNordeste