Saúde e Bem Estar

União Europeia garante 54 mil doses da vacina contra varíola

20 Jul 2022 - 10h00 | Atulizado em 20 Jul 2022 - 10h00
União Europeia garante 54 mil doses da vacina contra varíola

Na última segunda-feira (18), a União Europeia adquiriu 54 mil doses adicionais da vacina contra varíola dos macacos para a população, à medida que aumenta a preocupação com a doença em meio a um aumento significante. Tais doses foram desenvolvidas pela empresa de biotecnologia Bavarian Nordic.

Segundo a Comissária de Saúde Stella Kyriakides, a União Europeia apresentou aumento de quase 50% em relação a semana anterior. Mais de 7.000 casos foram relatados.


54 mil doses de vacina contra varíola foram adquiridas. (Foto: Reprodução/Getty Images)


Em princípio, houve um contrato em junho para que viesse ser fornecido cerca de 110 mil doses da vacina para a União Europeia. Apesar do avanço, a Comissária de Saúde demonstrou preocupação devido aos números atuais. Para cumprir o primeiro acordo, a União Europeia entregou, até o fechamento da matéria, 25 mil a seis estados membros, segundo comunicado da própria Comissão.

É necessário acrescentar que as vacinas são entregues a países com necessidades mais especiais, quando o estado de saúde dos seus pares estão crescentes. Sendo assim, outros 27 estados da União Europeia e os países Noruega e Islândia receberão por direito as doses das vacinas contra varíola dos macacos.

É importante atentar-se aos cuidados, as transmissões da varíola dos macacos podem acontecer através de contato, seja abraço, beijo, relações sexuais ou secreções respiratórias. Outras vias de contaminação são contatos com materiais infectados, com roupas de cama utilizadas por pessoa contaminada.

Até terça-feira (19), alguns estados do Brasil apresentaram um pequeno aumento, no Rio de Janeiro, segundo a Secretária Estadual de Saúde, foram identificados 71 casos, e na noite desse mesmo dia a prefeitura de Jundiaí, no estado de São Paulo, divulgou que um homem de 34 anos havia sido infectado.

Foto Destaque: União Europeia garante 54 mil doses contra varíola dos macacos. Reprodução/Getty Images