Saúde e Bem Estar

Vacina chinesa é aprovada no Chile para uso em crianças acima de 6 anos

07 Set 2021 - 09h00 | Atulizado em 07 Set 2021 - 09h00
Vacina chinesa é aprovada no Chile para uso em crianças acima de 6 anos

Nesta segunda-feira (6), o Instituto de Saúde Pública do Chile (IPS) aprovou o uso emergencial da CoronaVac para uso em crianças de mais de 6 anos, permitindo que mais pessoas sejam incluídas na campanha de vacinação do país. A vacina contra Covid-19 é produzida pelo laboratório chinês Sinovac contra Covid-19, os especialista responsáveis pelo órgão aprovaram a aplicação da vacina após painel em que foram dados cinco votos favoráveis e três contrários.

Heriberto García, diretor do IPS afirmou"Protegendo nossas crianças, protegemos também nossos adultos. Nossos dados já demonstram que estão aumentando os contágios nas crianças. É muito necessário ampliar essa faixa etária".

 

https://inmagazine.com.br/post/Fiocruz-atrasara-em-duas-semanas-a-entrega-das-vacinas-da-AstraZeneca

https://inmagazine.com.br/post/Coronavirus-Variante-Delta-em-Sao-Paulo-ja-esta-proxima-de-70-dos-novos-casos

https://inmagazine.com.br/post/Ha-36-variantes-do-coronavirus-circulando-em-Sao-Paulo-segundo-o-Butantan

 


(Reprodução/Prefeitura de Porto Alegra)


O país liberou o uso da vacina Pfizer para crianças entre 12 e 17 anos, sendo que mais 654 mil pessoas nessa faixa etária já receberam pelo menos uma dose em maio deste ano. E também já foram aplicadas mais de 1 milhão de terceiras doses da vacina da AstraZeneca em pessoas com mais de 55 anos, que tinham completado o esquema utilizando a CoronaVac.

Uso da CoronaVac é muito importante na campanha de vacinação do Chile, que vacinou mais de 13 milhões dos 19 milhões de habitantes até agora e disponibilizou 19,49 milhões de doses da CoronaVac no total, o que simboliza mais de 85% da população habilitada, o que coloca o país como um dos mais avançados no processo. O ministro da Saúde, Enrique Paris disse "Esta é uma ótima notícia para crianças em idade escolar e para as que não foram incluídas em planos de vacinação anteriores".

Nas últimas 24 horas, o Chile teve uma queda considerável de contágio pelo coronavírus nas últimas semanas, foi registrado 435 casos novos nesta segunda-feira (2). O país acumula um total de 1,6 milhão de casos confirmados e 37.108 mortes de Covid-19. 

A vacina da Sinovac também foi aprovada para uso de emergência em crianças da Indonésia e na China. Mas foi rejeitada pela Anvisa no Brasil.

 

Foto destaque: Agência Brasil

Mais Lidas