Celebridades

Velório de Marília Mendonça acontecerá neste sábado (6) no Ginásio Goiânia Arena

05 Nov 2021 - 23h50 | Atulizado em 05 Nov 2021 - 23h50
Velório de Marília Mendonça acontecerá neste sábado (6) no Ginásio Goiânia Arena

Segundo o governador Ronaldo Caiado, o velório de Marília Mendonça será no ginásio Goiânia Arena. De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade, está previsto para começar às 9h e o enterro às 17h30. A cantora morreu nesta sexta-feira (5) após a queda de um avião em Minas Gerais. De acordo com a secretaria, um campeonato de basquete para pessoas cadeirantes que ocorreria no ginásio foi cancelado e, agora, será preparado o espaço para que a cerimônia seja realizada.. A previsão inicial é de até 100 mil pessoas passando pelo local.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Tamara-Bretas-irma-de-Thales-Bretas-faz-homenagem-a-Paulo-Gustavo

https://inmagazine.ig.com.br/post/Famosos-cancelam-shows-apos-noticia-de-morte-de-Marilia

https://inmagazine.ig.com.br/post/Artistas-lamentam-morte-de-Marilia-em-suas-redes-sociais

“Três dias de luto oficial em Goiás. E o velório de Marília Mendonça está autorizado a ser no Goiânia Arena, ao lado do Estádio Serra Dourada, para que os fãs possam se despedir, se esse for o desejo da família", comentou o governador de Goiás Ronaldo Caiado.

 

Nascida dia 22 de julho de 1995 em Cristianópolis, Goiás, aos 26 anos, Marília morreu em um acidente de avião. Aos 12 anos Marília começou a escrever suas próprias músicas como “Minha herança” e “Vai ter balanga”. Mesmo tão nova, a compositora coleciona sucessos como “É com ela que eu estou” reproduzida por Cristiano Araujo, “Cuida bem dela” nas vozes de Henrique e juliano, entre outros.

 

No ano de 2015 Marília Mendonça gravou seu primeiro DVD, com direção musical de Eduardo Pepato e direção de vídeo de Fernando Trevisan, o Catatau. Quando lançou este trabalho, conquistando todo o Brasil, de lá saíram sucessos que foram destaques nacional, como "Sentimento Louco" e  "Infiel", esta última foi uma das músicas mais cantadas e tocadas do ano de 2016.


 

Capa da música "Infiel", de Marília (Foto: Reprodução/revistaveja)


De lá pra cá muitas coisas mudaram no mundo da música, mas uma coisa não mudou: sua crescente como cantora! Seus sucessos se tornaram hits e estouraram em cadeia nacional. Marília Mendonça começou com uma média de 15 shows por mês, nos dias atuais fazia cerca de 25 e era conhecida como rainha da "sofrência".

 

Foto destaque: Marília Nendonça. Reprodução/Instagram