Celebridades

Viúva de Maurílio foi ao supermercado pela primeira vez, após morte do cantor

17 Mar 2022 - 20h35 | Atulizado em 17 Mar 2022 - 20h35
Viúva de Maurílio foi ao supermercado pela primeira vez, após morte do cantor

Luana Ramos, viúva do cantor Maurílio, mostrou em seu Instagram, que saiu para fazer compras pela primeira vez, após a  morte de seu marido, que ocorreu no final de dezembro.

Em seu story, Luana comentou: "Estou aqui fazendo o primeiro supermercado desde que voltei. Maurílio era chatíssimo (leia-se exigente) com cream cracker. Só podia ser dessa marca e amanteigada. Sempre que eu comprava outra, tinha que comer sozinha, porque ele não comia. Agora ele me acostumou com os gostos dele e cá estou... Tudo lembra. Tudo".


Luana e Maurílio no estádio vendo o jogo do Flamengo. (Reprodução/Instagram)


O cantor Maurílio, de 28 anos, faleceu na tarde de quarta-feira (28) em dezembro de 2021. O jovem cantor estava internado em um hospital particular em Goiânia, após sofrer um tromboembolismo pulmonar. Na manhã , o boletim médico já havia relatado uma piora do cantor, nas últimas 12 horas.

O cantor da dupla Luiza e Maurílio, passou mal no dia 15 de dezembro, após passar mal no palco durante uma gravação de DVD. Foi socorrido pelo produtor e sua parceira Luiza. A assessoria do cantor, ainda não deu informações de onde será o velório e enterro.

O boletim médico do Hospital Jardim América, em Goiânia relatou: "Paciente em leito de UTI desta unidade apresentando quadro grave, em ventilação mecânica, tendo suportes intensivos. Sem previsão de alta hospitalar", dizia o boletim assinado pelo médico Wesley Medeiros.

Luiza, que fazia dupla com Maurílio, comentou sobre a vida pós morte: "Sabe o que sinto, depois do que aconteceu? Conversei com algumas pessoas que já perderam alguém, e também com as pesosas que compartilharam desse momento comigo, que também eram amigas do Maurílio, que a gente fica num misto de culpa de viver, ao mesmo tempo, quando você perde alguém, você dá uma despertada, como ‘preciso viver isso aqui, como se fosse o último dia'. Um misto de culpa por viver com uma vontade louca de viver. E isso é muito estranho. Sei que é confuso, mas é assim que me sinto, cada dia menos. Foi um negócio que me abalou demais. Em contrapartida, tenho noção de algumas coisas que, para mim, fazem sentido e isso me ajudou muito. Mas é isso. Tudo vai ficar bem" "Meu bichinho gostaria que a gente ficasse bem, Maurílio era muito simpático. Acho que se ele pudesse dizer alguma coisa seria: 'gente, fica bem, fazendo o favor´.

Foto Destaque: Reprodução/Instagram